Durante a 40º reunião do Conselho da Autoridade Portuária de Suape (CAP Suape) os conselheiros foram apresentados à versão final do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do Complexo. Em sua fala, o diretor de Planejamento e Gestão, Jaime Alheiros, apresentou o status do Plano. O PDZ tem o objetivo de otimizar o uso da infraestrutura existente e nortear as atividades da Autoridade Portuária e das empresas arrendatárias para os próximos anos.

capsuape jaimealheiros

“Temos um plano com ações de curto, médio e longo prazo para a poligonal do Porto Organizado de Suape. Este tipo de planejamento precisa ser revisto e atualizado sempre. A indústria naval se renova e o porto precisa estar em sincronia com as mudanças do mundo”, pontuou Jaime. O documento agora seguirá para avaliação na Secretaria Nacional de Portos.

O conselheiro e vice-presidente de Suape, Marcelo Bruto, também explanou para os conselheiros e representantes dos terminais de granéis líquidos sobre o andamento do projeto de instalação dos pátios de triagem de veículos de Suape. A instalação dos pátios vai disciplinar e regulamentar os veículos de transporte de cargas que acessam a área portuária. Diariamente, o porto recebe cerca de dois mil caminhões. Juntos, os investimentos das cinco empresas habilitadas somam R$ 67,6 milhões.

“Este é um dos principais projetos em andamento em Suape. Nosso objetivo é ter um sistema de agendamento central e integrado com todos os pátios para gerir este sistema com eficiência. Nossas equipes de tecnologia já iniciaram as conversas. Estamos há um ano discutindo esse projeto de forma transparente e acreditamos que é a solução certa para o tráfego de caminhões no porto”, comentou Marcelo.

Durante o encontro, os membros do Conselho também discutiram o balanço da movimentação portuária de março deste ano, cuja apresentação ficou a cargo do coordenador de Operações Portuárias da Diretoria de Gestão Portuária Felipe Fonseca. O Porto de Suape fechou março com os melhores números do ano, registrando 2,08 milhões de toneladas de carga (+3% em relação a 2017).

A movimentação mensal dos graneis líquidos também registrou os melhores números do ano, com 1,6 milhão de toneladas. Os embarques e desembarques de veículos mantiveram bons números, registrando a contagem de 5.391 carros importados e exportados (+34% em relação a 2017).

O encontro foi finalizado com a despedida de Eduardo Perez, coordenador Geral de Projetos, Operação e Manutenção da Secretaria Nacional de Portos, que presidiu o Conselho por mais de um ano. Eduardo deixa o posto no porto pernambucano para se dedicar à sua carreira na Secretaria. “Resta-me agradecer por todo esse tempo, amizades feitas, trabalho desempenhado e me colocar à disposição sempre. Contem comigo na Secretaria Nacional de Portos”. Eduardo ficou conhecido por dar um caráter dinâmico às reuniões do CAP, realizando encontros itinerantes e visitando as empresas instaladas no Porto Organizado.

As informações são da jornalista do Complexo de Suape, Jéssica Lima.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s