A Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg) informou, nesta quarta-feira (09), que o Plano Conceitual de Dragagem de Manutenção do canal de acesso ao Porto foi avaliado pelo Parecer Técnico 66/2018 do Ibama e teve seu despacho aprovado. Com isso, a autarquia está autorizada a contratar o serviço, que será pago pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

mar draga navega

De acordo com a administração do Porto, a primeira fase da dragagem prevê a retirada de cerca de 3,5 milhões de metros cúbicos de sedimentos, quantidade equivalente a quase 20% do total do plano previsto - 18,7 milhões de metros cúbicos. As próximas etapas ainda necessitam de autorização do Ibama para serem realizadas.

A dragagem de manutenção é fundamental para permitir que os navios cargueiros possam transportar maior volume de cargas até o porto no Cone Sul do Brasil, proporcionando mais competitividade nas operações lá realizadas.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s