Da Infraero

A Infraero assinou nesta segunda-feira (18/4) as Ordens de Serviço para a retomada da instalação dos Módulos Operacionais dos Aeroportos de Goiânia (GO) e Vitória (ES). Tais equipamentos servirão de suporte às demandas desses Terminais enquanto as obras definitivas estiverem em execução. 
 
Os Módulos Operacionais contam com a mesma estrutura de conforto e segurança dos Terminais convencionais – ar condicionado, Sistema Informativo de Voos, sanitários, isolamento térmico e acústico. De acordo com os documentos, as empresas vencedoras da licitação terão até cinco meses para finalizar os serviços.

O Módulo capixaba, que receberá operações de embarque de desembarque numa área de 2 mil m², com um investimento de R$ 4 milhões, teve sua Ordem de Serviço assinada em Brasília, com as presenças do vice-presidente da República, Michel Temer, do ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, bem como do presidente da Infraero, Gustavo do Vale; além de representantes da bancada capixaba na Câmara dos Deputados e do Departamento de Engenharia e Construção do Exército Brasileiro.

Já o Aeroporto de Goiânia receberá recursos da ordem de R$ 2,77 milhões na ampliação da área de embarque em 1,2 mil m². Essa estrutura também estará disponível aos passageiros em até cinco meses após a emissão da Ordem de Serviço, assinada nesta segunda-feira na capital do Estado.

Módulos Operacionais

Os Módulos Operacionais são uma solução de engenharia utilizada em aeroportos de vários países e também em grandes eventos ou para atender demandas específicas. Em 2004, por exemplo, o Aeroporto de Lisboa utilizou os Módulos durante a Eurocopa. Já em 2006, o Aeroporto de Doha, no Catar, adotou a solução durante os Jogos Asiáticos de 2006.

No Brasil, assim como nesses países, serão utilizadas estruturas modulares com toda infraestrutura de uma sala convencional de embarque e desembarque, tais como ar condicionado, sanitários, sistema informativo de voos etc. Entre os aeroportos relacionados com a Copa, Brasília já conta com um Módulo Operacional em funcionamento, e Guarulhos e Campinas já estão em processo de instalação dos MOPs.

Mais ações nos aeroportos

Na última quinta-feira (15/04) outras duas Ordens de Serviço referentes às obras de modernização do Aeroporto de Vitória foram assinadas. São elas a de elaboração dos projetos de reforma do Terminal de Passageiros e a de modernização do sistema de eletricidade de emergência, totalizando um investimento de R$ 208,6 mil. O prazo para elaboração dos projetos é de 120 dias.

Para Goiânia, a Infraero publicou no começo deste mês o edital para contratação da empresa que fará a atualização e complementação do projeto executivo do novo Terminal de Passageiros do Aeroporto de Goiânia. A abertura das propostas está prevista para o mês de maio. Ao todo, a Infraero vai investir R$ 339,24 milhões no empreendimento, que ampliará a área do Terminal de Passageiros de 7,65 mil m² para 28,61 mil m².

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente