O transporte de cargas enriquece a vida dos que mandam e do que as recebem.

Há muito Portogente alerta que o programa de desestatização dos portos proposto pelo governo era ineficaz. Desde aquela ideia contraditória da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários – SNPTA, de adotar os portos australianos como solução para tirar os nossos portos do buraco em que se encontram. Agora, a poderosa Associação Brasileira de Terminais Portuários – ABTP recomenda a reformulação desse programa.

Porto Santos NOV2020 2

Leia também 
Desestatização dos portos aprimorada: Santos2050

O presidente da ABTP, Jesualdo Silva, sustenta que o governo suspenda o lançamento dos editais da desestatização dos portos e que o assunto seja mais bem discutido. Considerando o tempo e o clima político tenso para chegar a um denominador comum sobre uma questão que não saiu da origem há dois anos e meio, Santos2050 é o caminho inevitável para chegar ao objetivo desejado. Esta proposta nasceu do Porto de Santos.

Nossa palavra
* Santos2050 é o inexorável Porto de Santos

O manifesto do setor produtivo que se tentou calar e falou claro, por tantos meios, e de forma cabal pela “Manifestação de Entidades do Setor Agroindustrial”, traduzem a preocupação com a insegurança institucional, num crescendo, no governo do Brasil. A dimensão da crise é constatada nas incertezas do mercado e na insegurança dos investidores, como demonstram, bolsas, juros e o câmbio. Portos são fatores determinantes do desenvolvimento dos países.

Editorial 
* A hora H da inovação dos portos brasileirosA hora H da inovação dos portos brasileiros

Não há margens para erro. Santos2050 tem regras que não geram confusão e justificam seus objetivos com clareza, no presente. Condição essencial para dar segurança aos investidores e garantir um processo concorrencial perfeito, que evita a cartelização e o monopólio. A proposta do ministério da Infraestrutura, dos portos atingirem o patamar dos portos asiáticos não saiu do lugar e o principal do País caiu recentemente na classificação da movimentação mundial de contêineres.

Entrevista - Vera Gasparetto 
Fiesp quer porto brasileiro com infraestrutura intermodal e gestão eficiente

O presidente da República vai às ruas no 7 de setembro, tentando reverter a sua queda de popularidade. O manifesto do setor produtivo “A Praça dos Três Poderes”, que se tentou calar, falou por jornais e redes sociais através da “Manifestação de Entidades do Setor Agroindustrial”. Decerto, reforma portuária será uma pauta destacada na campanha de 2022.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente