A gestão cuidadosa da dimensão humana nas cidades portuárias deve ser um requisito universal

Indubitavelmente o mundo está repensando as suas práticas e escolhas em conformidade com a preservação do planeta, para as próximas gerações. Razões pelas quais convém que o setor portuário participe do simpósio virtual Gestão Portuária e Sustentabilidade, na próxima semana, de 25 a 27 de agosto, organizado por LabPortos. Um debate imperativo, dos portos e suas logísticas, como parte do plano de ação global Agenda 2030.

BTP energia

Leia também 
A hora H da inovação dos portos brasileiros

A Agenda 2030 do Desenvolvimento Sustentável, estabelecida pela Organização das Nações Unidas - ONU, e divulgada como resultado da Conferência Rio+20, realizada em 2012, abrange o econômico, social e ambiental. Frequentemente associada apenas a sua dimensão ambiental, a sustentabilidade é um compromisso com a vida no planeta. E há muito a corrigir, nas emissões de carbono e relacionamento do porto e a cidade.

Artigo | Frederico Bussinger 
Descarbonização dos/nos portos

No Porto de Santos, uma absurda incorreção em tentar estacionar um navio como depósito de gás, com potencial igual a 55 bombas de Hiroshima em torno de 1,5 km de distância do perímetro urbano, mostra a revisão necessária de conceitos operacionais do principal porto do Brasil. E provocou inúmeras manifestações na matéria do Portogente. Certamente a Câmara Municipal de Santos irá bem defender a qualidade de vida da sua cidade na relação com o porto.

Especial | Entrevista de Vera Gasparetto 
Navio-bomba: potencial equivalente a 55 bombas de Hiroshima no Porto de Santos

No mesmo porto, em situação correta de sustentabilidade, preservando a natureza e gerando trabalho, o Brasil Terminal Portuário – BTP, atesta 100% de uso de energia limpa em seu terminal. De forma pioneira no porto, adquire o I-REC e contabiliza utilização de energia renovável em suas operações. Ao refletir a sustentabilidade das operações portuárias, conclui-se que há muito que mudar. Entretanto, o caso BTP monstra que a mudança já está em curso.

Comercio Internacional Sustentável
* BTP - 100% Energia Limpa

Gestão portuária e sustentabilidade devem ser sinônimos. Refletir este cenário exige um olhar amplo e abrangente nessa atividade, que implica os múltiplos papéis do porto, até onde a sua logística influenciar. O Norte desta tarefa é um ordenamento global, cada vez mais efetivo, pela redução do tamanho do planeta em sociedade, pela tecnologia.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente