Ministro da Infraestrutura acredita que a revolução chegou ao  Porto de Santos. Como esta interface chega à sociedade das cidades - Santos e Guarujá - que abrigam o maior porto do Hemisfério Sul?

Nesta segunda-feira (16/11), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou os contratos dos terminais de celulose leiloados em agosto (STS14 e STS14A) com a Eldorado Brasil Celulose e a Bracell Celulose. Os arrendamentos renderam R$ 505 milhões em outorgas ao Governo Federal por um contrato de 25 anos de duração. Os terminais têm investimentos previstos de R$ 420 milhões – incluindo acessos rodoferroviários –, com outros R$ 110,9 milhões de arrendamento fixo para a Santos Port Authority (SPA), administradora do porto.

Minfra 16NOV2020 SantosMinistro Tarcísio Gomes de Freitas no ato da assinatura dos contratos, em Santos (SP). Crédito: Divulgação | MInfra.

Leia também
Leilões STS 8 e 8A no Porto de Santos e TCU em debate

Na oportunidade, a autoridade celebrou: “Celebrar a assinatura desses contratos é celebrar a confiança dessas empresas no Brasil. O Brasil tem vocação para ser grande e tenho certeza que será grande porque tem gente competente que trabalha sonhando com isso.”

O ministro reforçou a importância do programa de concessões do Governo Federal, que prevê mais de 50 leilões em 2021. Entre eles, o dos dois terminais de granéis líquidos combustíveis (STS08 e STS08A), que podem render cerca de R$ 1,2 bilhão. O projeto, que aguarda aprovação no TCU para a publicação do edital de concessão, é considerado o maior de arrendamento portuário nos últimos 15 anos.

“O porto de Santos vai passar por uma revolução com novos acessos e terminais que fazem parte da preparação para se tornar o porto do futuro. Queremos que o porto de Santos seja o maior do hemisfério sul”, afirmou o ministro.

Oportuno diante desse tema, indicar o webinar Aliança sustentável entre Porto e Cidade:

Webinaar PortoCidadeClique aqui para assistir ao webinar. 

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente