Entre tantas ameaças cibernéticas que assolam o mundo da computação, o levantamento criptográfico (Crypto-jacking) está invadindo e causando problemas, como a queima de sistemas computacionais. Trata-se do uso não autorizado e ilegal do computador de alguém, para coletar Bitcoin e outras moedas digitais criptografadas.

Bitcoin dad 2

Leia ainda
Como será o mundo da moeda do Facebook?

Estima-se que haja mais de 47 milhões de usuários de moedas criptográficas em todo o mundo, embora seja difícil ter certeza por causa do seu anonimato. Os usuários coletam moedas virtuais por um processo complexo chamado "mineração", que coloca os computadores em uma série de problemas matemáticos.

Da Redação
Os limites do Bitcoin

Em uma operação de criptografia, os hackers enganam as vítimas para baixar um arquivo malicioso que clandestinamente força seus computadores a extrair seu saldo em moeda digital e o envia de volta aos criminosos que podem gastá-lo nos mercados de moedas criptografadas ou transformá-lo em dinheiro convencional.

Agência Fapesp 
Aplicações da blockchain vão muito além das criptomoedas, afirmam cientistas

Os ataques de bloqueio de criptografia aumentam a conta de eletricidade da vítima e podem não apenas diminuir a velocidade dos computadores infectados, mas potencialmente causar danos irreparáveis ao hardware. Às vezes, são encontrados escondidos dentro do código de programas gratuitos.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website