O Porto de Maceió está interditado por cerca de 500 sem-terra ligados à Comissão Pastoral da Terra (CPT) desde a manhã de hoje (24). Informações da Agência Estado dão conta que os manifestantes estão concentrados na entrada do Porto e impedem a passagem de veículos. Uma longa fila de caminhões e carretas que transportam açúcar, álcool e trigo se concentra no local. A intenção da Comissão é manter a ocupação até o início da tarde de hoje.

Os manifestantes protestam contra o crescimento do agronegócio no estado nordestino e requisitam agilidade nos processos de reforma agrária. Esta é a segunda invasão de sem-terra à entrada do Porto de Maceió. Em 2006, eles protestaram no local ao longo de um dia, invadindo no início da manhã e desocupando somente no período noturno.
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website