Fundamentais para o fomento do comércio exterior e alvo de inúmeras discussões nos últimos meses, os portos secos voltam a chamar a atenção da atividade portuária no Brasil. O primeiro porto seco industrial do País já tem seu funcionamento autorizado. Trata-se do Porto Seco Granbel, localizado em Betim (MG).

O terminal irá operar no regime de entreposto aduaneiro na importação e exportação em que estabelecimentos industriais podem se instalar para desenvolver atividades de industrialização, utilizando insumos importados, com a suspensão de impostos incidentes na importação.

No porto Seco Granbel também serão permitidas atividades de armazenagem, teste de funcionamento, industrialização ou manutenção e reparo. O produto final poderá ser exportado sem o pagamento de impostos, ou nacionalizado com pagamento dos impostos incidentes somente sobre os insumos importados. Dentre as principais vantagens para quem operar neste tipo de terminal estão a redução dos custos de logística e a agilização do processo de exportação.

Opine, em nosso blog, sobre a importância dos portos secos industriais no desenvolvimento das atividades ligadas ao setor portuário no Brasil.
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website