ONG busca conscientizar a população sobre esse mal que atinge muitas crianças e adolescentes Com o intuito de mobilizar a população diante da importância da data, o Instituto Herdeiros do Futuro (IHF) promove ações para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, oficialmente lembrado em 18 de maio. A entidade sem fins lucrativos, que atua na quebra de violência doméstica com famílias vulneráveis, promete atrair a atenção das pessoas para a causa. Na ocasião, no período de 9 às 11 horas, profissionais da unidade Capão Redondo vão oferecer flores temáticas que simbolizam a campanha aos motoristas e pedestres que passarem pelas principais avenidas da região. Aos que manifestarem interesse, serão entregues cartilhas do IHF com informações sobre o processo de identificação de casos, além dos canais de denúncia. Na parte da tarde, das 15 às 17 horas, a mobilização vai acontecer no Metrô—SP, nas estações Capão Redondo, Campo Limpo e Giovanni Gronchi, Linha 5 - Lilás. Na unidade Jardim São Luiz, das 14 às 16 horas, oficinas educativas serão ministradas a jovens de 8 a 12 anos, que integrem ou não a instituição. Como o tema “Que abuso é esse?”, os jovens terão a oportunidade de entender possíveis atos que são considerados violência e receber a orientação adequada. As escolas municipais Bernardo O´ Higgins, Linneu Prestes e Ministro Calógeras vão contar com a presença dos técnicos da unidade Santo Amaro, com a entrega de materiais informativos sobre a mobilização. Os alunos poderão esclarecer todas as dúvidas sobre o tema, com total discrição, no horário das 10 às 14 horas. A escola Ministro Calógeras contará com mais uma edição, das 19 às 20 horas. Com mais de dez anos oferecendo atendimento social, psicológico, pedagógico e jurídico às famílias inseridas em cenários de violência sexual, dados do IHF mostram que cerca de 90% das pessoas que agridem são pessoas conhecidas das crianças, 30% são os próprios pais e 60% conhecidos da família. Em paralelo, vítimas na faixa etária até 17 anos que passaram por algum tipo de violência sexual, psicológica ou física têm dificuldade em expor o problema, grande parte não entendem o que sofreu ou por vergonha de expor. De abrangência nacional, a data foi criada junto à sanção da lei federal 9.970/2000, em memória da Araceli Crespo que, em 18 de maio de 1973, foi assassinada aos 8 anos de idade, após ser sequestrada e violentada. PARA SUA AGENDA: Evento: Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra crianças e adolescentes Data: 18 de maio de 2017 Unidade Capão Redondo – ação dos cruzamentos – horário: 9 às 11 horas Estrada de Itapecerica com Avenida Carlos Caldeira Estrada do Campo Limpo com a Avenida Carlos Caldeira Avenida Giovanni Gronchi com a Estrada de Itapecerica Estrada do Campo Limpo com a Avenida Carlos Lacerda Estações do Metrô-SP - Linha 5 Lilás Capão Redondo (Av. Carlos Caldeira Filho, 4261) Campo Limpo (Rua Noanama, 85) Giovanni Gronchi (Av. João Dias, 3569) Unidade Santo Amaro – ação nas escolas municipais EMEF Bernardo O´ Higgins – 10 às 14 horas - Rua Palacete das Águias 585 EMEFEM Linneu Prestes – 10 às 14 horas - Avenida Adolfo Pinheiro, 511 – Santo Amaro EMEF Ministro Calógeras - 10 às 14 horas e 19 às 20 horas – Rua Alsácia, 59 – Jd. Aeroporto Unidade Jardim São Luiz – oficina “Que abuso é esse? “ – horário: 14 às 16 horas Local: Rua Luís Baldinato, 09 – Jd. Dionísio Realização: Instituto Herdeiros do Futuro Sobre o Instituto Herdeiros do Futuro: Fundado em 2006, o Instituto Herdeiros do Futuro é uma entidade, beneficente e sem fins lucrativos, com o objetivo de atuar na quebra do ciclo de violência envolvendo menores e membros da família. O IHF oferece atendimento social, psicológico, pedagógico e jurídico, atuando diretamente na saúde mental e defesa dos direitos das famílias assistidas. São cinco unidades na cidade de São Paulo que, juntas, realizam cerca de 400 atendimentos por mês, contando com 42 colaboradores e 26 voluntários que trabalham no atendimento e administração dos espaços. Juliana Menezes (11) 2223-7143 | (11) 5090-3000 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente