Os irmãos Pedro (6), Camila (3) e Vini (2) costumam ser crianças tranquilas e com medos normais mas, como a maioria dos pequenos, certos gatilhos podem fazê-los sentir-se apavorados. Por exemplo Pedro tem medo do escuro, enquanto Camila às vezes pensa que existem monstros escondidos debaixo da cama. Vini fica amedrontado durante trovoadas.

Muitas crianças como Pedro, Camila e Vini experimentam novas emoções relacionadas ao medo com a chegada do Halloween. Com todas as músicas, figurinos e histórias próprias desta data é normal que as crianças desenvolvam medos. Pode ser difícil para eles distinguir o que é real e o que se imagina. Imagine que você tem a idade deles. Você acha que é apenas o papai sob a fantasia de uma fantasma?

O medo é uma emoção que pode nos ajudar a responder ao perigo. Os medos comuns na primeira infância incluem medos do escuro, de estranhos, tempestades, animais grandes e barulhos altos.

Seguem aqui algumas maneiras de ajudar a seus filhos a gerenciar seus medos no Halloween e ao longo do ano. Seguem aqui algumas dicas:

• Se você decidir comemorar o Halloween, converse com seu filho com antecedência, avisando-o sobre fantasias assustadoras.

• Crie novas tradições familiares, por exemplo, contando histórias de horror que tenham finais felizes.

• Participe de outras atividades divertidas, como colheita de frutas ou passeios pela natureza, para ver a mudança nas cores das folhas.

• Envolva seu filho em atividades de Halloween, como fazer decorações ou fantasias.

Seus filhos também podem desenvolver medos na infância devido a gatilhos comuns na vida diária. Aqui estão algumas dicas para você lidar com eles:

• Tente relaxar seu filho usando palavras tranquilizadoras e uma voz calma.

• Seja aberto com seu filho sobre os medos dele e seus próprios medos! Todo mundo fica assustado às vezes.

• Ofereça apoio e idéias para ajudar a criança a lidar com os medos, como respirar fundo. Se seu filho tem medo do escuro, compre uma boa luz noturna para afastar o medo na hora de dormir.

• Em vez de dizer ao seu filho para não entrar em pânico, concentre-se em maneiras tangíveis de refutar ou superar o medo. De fato, diga a eles que não há problema em ter medo às vezes! O medo é uma emoção universal, tanto para as crianças quanto para os pais.

• Pense em atividades para enfrentar seus medos de maneiras divertidas. Por exemplo, durante tempestades, depois de ver raios, conte o número de segundos até ouvir a trovoada. Isso pode ajudar a determinar a distância da tempestade, e seu filho verá que a tempestade não está tão perto, afinal. Se "houver monstros debaixo da cama", faça a família se vestir com roupas de luta de monstros ou obter escudos de monstros e verifique o quarto com a criança.

Na Lingokids, podemos ajudar seus filhos a entender emoções e medos. O primeiro passo é identificar suas emoções gerais. Você pode começar a assistir o episódio de "The Robot Contest". Seu filho pode aprender sobre várias emoções e como lidar com elas através de nossos divertidos personagens.

Seus filhos estão desenvolvendo mais medos na infância nessa época do ano? Como eles expressam esses sentimentos? Como você os ajuda a gerenciá-los? Quando você era criança, se lembra de quais eram as coisas que mais te assustavam? Eram iguais às dos seus filhos ou diferentes?

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas