Com a chegada do último mês de 2017, a equipe Portogente começa a trabalhar iniciativas de comunicação que serão levadas a público já nas primeiras semanas do próximo ano. A principal delas é o Fórum Brasil 2022, criado com o propósito de escrever uma carta de intenções a ser apresentada online aos governantes e autoridades regionais e nacionais, bem como à comunidade da Internet, em 7 de setembro de 2022, quando serão comemorados os 200 anos de Independência do Brasil. A principal ferramenta para confeccção dessa carta será a realização dos WebSummits Portogente, que a partir de 2018 serão temáticos, em maior quantidade e qualidade. O WebSummit 2017 reuniu 13 importantes autoridades e especialistas dos setores portuário e marítimo em nível nacional.

topo forumbrasil2022

Modelo atual naufragou - Portogente considera que o caminho para alcançar a meta de um Brasil ágil é aprimorando as cadeias logísticas portuárias integradas e produtivas. Dois objetivos principais norteiam a elaboração da carta do Fórum Brasil 2022: primeiro, levar esse debate a alcançar o maior número de opiniões referenciais dos setores desse universo; segundo, definir um núcleo de ideias necessárias para abranger e tratar com qualidade de caminho de método tanto nossos fluxos logísticos regionais quanto os globais. Como um trabalho que se propõe dinâmico e inovador, desenvolvido em uma plataforma da Internet, o caminho será longo e desafiador. Nesse sentido, destacamos abaixo vídeo com o diretor-presidente da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), Luis Claudio Montenegro, no qual explica, em sua visão, como a gestão do fluxo de movimentação de cargas pode ser mais dinâmico e eficiente.

 

Agenda cheia - Outros dois importantes eventos com co-organização do Portogente em 2018 serão o Congresso Nacional de Direito Marítimo, Portuário e Aduaneiro, a ser realizado em São Paulo pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e uma parceria com a Fundacentro para realização de um seminário internacional sobre trabalho portuário e sindicalismo em Santos, que reunirá profissionais e autoridades de diversos países, com data prevista para março do próximo ano.

Timoneiro - "A logística na exportação da safra está vindo para o Norte". Com essas palavras, o diretor-presidente do Conapra, o prático Gustavo Martins, ressaltou a importância de conhecer os desafios estruturais e ambientais para a navegação nessa região do País durante o 41º Encontro Nacional de Praticagem, realizado nesta semana em Belém, capital do estado do Pará. Entre esses desafios estão as longas distâncias das navegações e as variações grandes de maré e do relevo dos rios.

naveg para syndarma

Apaga o fogo - Ainda no universo logístico da região Norte, a Companhia Docas do Pará homologou o resultado da concorrência para implantação de Sistema de Combate a Incêndio na área do pátio de contêineres do Porto de Belém. A empresa vencedora, conforme informa a Resolução 20 publicada no Diário Oficial da União de 30 de novembro, foi a MDM Projetos e Construções. O valor do contrato para a prestação do serviço é de R$ 752.454,00.

belem porto planta tecon

Caminho livre - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, disse trabalhar para agilizar o comércio exterior do país, em especial aperfiçoando os processos aduaneiros e combatendo o contrabando. Nesse sentido, a Aduana deixará de escanear todas as barcaças paraguaias que navegam pelos rios argentinos. Esses obstáculos obrigaram muitos profissionais a escolher Montevidéu para realizar transbordos. Nos portos de Santos e de Valparaíso, são escaneados dois contêineres a cada 20 segundos, enquanto no México, no Chile ou na Europa, cerca de 3% da carga é escaneada. Em Buenos Aires esse índice está variando de 30% a 60%, o que atrapalha a cadeia logística, conforme relata reportagem do jornal argentino La Nación.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s