A direção do Porto de Santos, presidida por Casemiro Tércio Carvalho, estipulou como um dos principais objetivos para o segundo semestre de 2019 a abertura de um escritório comercial na China, nação de maior corrente comercial com o Brasil e que abriga alguns dos portos mais movimentados do planeta. A Autoridade Portuária cumprirá uma missão comercial ao país asiático na próxima semana, incluindo a participação no "The 5th MaritimeSilk Road PortInternational Cooperation Forum" (5º Fórum Internacional de Cooperação Marítima e Portuária da Rota da Seda), além de encontros com associações comerciais e visitas a operadores logísticos nas cidades de Hong Kong e Xangai.

portodesantos diretoria codesp
Presidente Casemiro Tércio em coletiva de imprensa - Foto: Bruno Merlin

Leia também
* Descentralização do Porto de Santos é fundamental para estratégia de porto-indústria, diz deputada
* Tércio assume um Porto de Santos arrasado

O anúncio da instalação de um escritório na China foi um dos destaques da entrevista coletiva concedida pela diretoria do Porto de Santos ao completar 100 dias de gestão à frente do principal porto brasileiro.

"A presença neste encontro internacional é importante não somente porque a China é o maior parceiro comercial do Brasil, mas, também, porque o Porto de Santos é a melhor alternativa em logística portuária na Costa Leste da América Latina. Estamos fazendo uma mudança transformacional em Santos e queremos os grandes e melhores players do setor conosco nessa jornada", afirmou Tércio em comunicado enviado à imprensa.

O evento terá a presença dos maiores portos do mundo, de empresas de navegação e logística e da indústria marítima. Entre os demais debatedores, estarão o executivo do Porto de Roterdã, na Holanda, Willem Dedden, e o principal executivo do grupo Maersk na China, Tim Smith. A Maersk é o maior grupo de navegação de contêineres do mundo e líder nos tráfegos marítimos com o Brasil.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s