Pesquisas recentes comprovaram que o brasileiro já utiliza mais o aparelho celular do que o computador pessoal para acessar a internet. Considerando acessos 3G e 4G, a banda larga móvel fechou o ano de 2015 no Brasil com 191,8 milhões de acessos, contra 25,4 milhões em banda larga fixa. Além disso, 20% dos donos de smartphones possuíam algum aplicativo pago, e 45% realizaram algum tipo de compra “in-app” (isto é, de dentro de um aplicativo). Pensando nesse nicho de mercado que não para de crescer e nos usuários que podem se tornar clientes fiéis, as locadoras de veículos têm investido em aplicativos facilitar o aluguel de carros e ajudar o usuário no seu dia a dia.

A localiza carros, por exemplo, lançou o Localiza Fast, com ele o cliente pode fazer todo o processo de um carro digitalmente, sem necessidade de passar pelos guichês de atendimento da agência. Além de poder pesquisar e reservar o seu carro online, é possível retirar o veículo sem burocracia nem inconvenientes, direto pelo app em cinco capitais brasileiras. O check-in é feito pelo aplicativo quando o cliente chega ao destino onde deve retirar o carro.

A alamo também investiu em um aplicativo, onde é possível reservar o carro, com ofertas especiais para os usuários. Para os usuários, esses investimentos significam menos tempo nos guichês, mais comodidade e facilidade na hora da compra. Mais uma prova de que a tecnologia pode sim ser utilizada a favor das empresas e usuários.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s