Após muitos anos operando sem a licença de operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Porto de Paranaguá agora comemora ter se transformado em referência ambiental, a ponto de liderar, em 2017, o Índice de Desempenho Ambiental da Antaq. A administração paranaense iniciou 2018 com 57 programas ambientais realizados simultaneamente, número que deve chegar a 62 até o segundo semestre. De acordo com o diretor de Meio Ambiente da Appa, Bruno da Silveira Guimarães, a escalada de Paranaguá no ranking é fruto do comprometimento da gestão em cumprir as exigências ambientais. "A diretoria da Appa se comprometeu em implantar um processo de gestão ambiental integrada, no sentido de harmonizar e compatibilizar as atividades do Porto com o meio ambiente e com a cidade. Evoluímos de um Porto que não tinha a licença de operação para, hoje, contarmos com todas as licenças necessárias, contar com quase 60 programas ambientais e ter cerca de 140 profissionais envolvidos nesta atividade".

paranaguaamab

Ganhando espaço - O Tecon Imbituba, administrado pela Santos Brasil no litoral catarinense, fechou o ano de 2017 com crescimento de 80% no volume movimentado em comparação a 2016. O serviço de longo curso com rota para a Ásia foi o principal responsável pela mudança de patamar no volume movimentado. O empreendimento vem estimulando o crescimento da movimentação de cargas de exportação que têm como origem o estado do Rio Grande do Sul. Algumas dessas cargas movimentadas são celulose, polietilenos, couro, fumo e congelados.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s