Digital Rawpixel Freepik* Country Manager na Infor

A pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe mudanças intensas para praticamente todos os aspectos das nossas vidas. Ao observarmos as medidas adotadas em todo o mundo para conter o avanço da doença, tais como trabalho remoto, viagens canceladas, aglomerações proibidas, entre outras, fica evidente que a transformação digital deve ser tratada como pauta prioritária para respondermos aos impactos sociais, econômicos e políticos do atual momento.

Rapidamente a maioria dos negócios teve que se reinventar e aprender como agir e sobreviver em meio a uma crise sem precedentes. Setores como a indústria de manufatura se tornaram um termômetro sobre como as empresas farão para se adaptar a uma economia global em um mundo pós-COVID. É um fato que esse setor sofreu um grande choque com o impacto inicial da pandemia.

Nesse contexto, tive a oportunidade de ver de perto muitos negócios paralisarem: projetos em andamento ou investimentos que haviam sido anteriormente planejados praticamente congelaram. Foi interessante perceber, no entanto, que essa paralisação não durou. O medo evoluiu, rapidamente, para uma atitude positiva de aprendizagem e adaptação, impulsionados pela aceitação das mudanças motivadas pela Covid-19. Dessa forma, as companhias transformaram a crise em uma oportunidade de negócio para chegar ainda mais fortes ao final da pandemia, e viram no investimento em tecnologia a parte fundamental desta estratégia.

Continuidade dos negócios e redução de risco

O aumento agressivo no uso de ferramentas e plataformas de colaboração, especialmente impulsionados pelo teletrabalho, trouxe às empresas a consciência de que projetos podem ser facilmente desenvolvidos mesmo num contexto remoto. Essa transformação, inclusive cultural, proporcionará grandes mudanças para a indústria manufatureira e de tecnologia. As empresas que estão adotando a colaboração, bem como os outros benefícios da nuvem, têm expectativa de um grande retorno sobre seus investimentos, incluindo acesso rápido e fácil a softwares críticos para negócios, indo muito além do Zoom e do Teams.

O aumento do acesso remoto a dados, aplicações e sistemas ERP, oferece não apenas a continuidade dos negócios e a redução dos riscos; mas também proporciona mais agilidade e capacidade de respostas. As duas primeiras facetas são parte de uma estratégia de sobrevivência. As duas últimas, no entanto, demonstram o potencial que a tecnologia tem de impulsionar o crescimento.

Em um evento global, a Infor realizou um levantamento que constatou que o mercado global impulsiona o crescimento de 112% em SaaS. Os softwares voltados para manufatura, saúde, logística, serviços públicos, varejo e hotelaria tiveram um aumento de mais de 200% da adesão de novos. Esses dados comprovam que estímulo se deu por causa do aumento da adesão dos serviços em nuvem durante a pandemia de Covid-19, mostrando assim que o apetite do mercado por tecnologias em nuvem aumentou em função desse cenário.

Nuvem: uma realidade para negócios complexos

É claro que existem outros fatores que levaram as empresas a um consumo maior de softwares na nuvem. Os tradicionais aplicativos ERP começaram a se mostrar, muitas vezes, inadequados para a realização de negócios digitais para negócios complexos. Um software inteligente e extensível, baseado na cloud, agora é uma realidade para essas organizações.

Outro fator, é que o papel do departamento de TI está se transformando dentro da indústria de manufatura. Os líderes de tecnologia estão cada vez mais alinhados com o negócio. Isso significa que suas escolhas são mais estratégicas e baseadas em processos de negócios; não mais guiadas por funcionalidades tecnológicas.

Um bom exemplo disso é a empresa Midwest Wheel, um dos maiores distribuidores de peças de caminhão nos Estados Unidos, que utiliza o Infor CloudSuite Distribution e o Infor Birst analytics para gerenciar o estoque de seus seis depósitos, permitindo fluxos de trabalho complexos e maior capacidade de fazer negócios online. Com as soluções multi-tenant da Infor na nuvem, incluindo o Infor OS (Serviço Operacional), a empresa melhorou o atendimento ao cliente por ter estoque adequado, alcançando melhorias de até 15 por cento na taxa de preenchimento. “Se as empresas não estiverem inovando em mais formas de aumentar a produtividade, elas ficarão ultrapassadas”, diz Steve McEnany, vice-presidente de marketing e tecnologia da Midwest Wheel.

Demanda por auditoria e rastreabilidade

A tecnologia teve que se adaptar para atender às necessidades das empresas em um mundo pós-COVID. Também houve outros impactos interessantes e inovadores relacionados ao mercado corporativo, pois para garantir que as áreas de trabalho estivessem seguras e livres da doença houve um aumento da demanda por processos de auditoria e rastreabilidade nos escritórios, fábrica e depósitos.

Nesse contexto, há uma necessidade maior para atender às novas regulamentações que exigem o uso de tecnologia para registrar que os locais estejam prontos e limpos para uso. Isto fez com que os softwares EAM para gestão da manutenção tivesse novas funcionalidades, permitindo assim, o acompanhando de cada um dos espaços de trabalho e ainda auxiliando as empresas a retomarem suas atividades de forma rápida e seguindo todas as medidas de segurança.

Por fim, a pandemia deixou clara a urgência de discutirmos e colocarmos em prática soluções digitais. Precisamos refletir sobre nossa nova realidade e encontrar caminhos eficientes para que a tecnologia nos ajude, como sociedade, a atravessar esse período crítico pelo qual estamos passando.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente