Enquanto alguns portos lutam para iniciarem obras importantes, caso mais emblemático se dá no maior porto da América Latina e responsável por 27% do comércio exterior do País, o Porto de Santos (SP) espera o desenlace da questão da dragagem de aprofundamento do seu canal para receber navios maiores, outros portos se dão “bem na vida” (e parabéns para eles!).

 

O Porto do Itaqui, no Maranhão, acaba de desembaraçar problemas junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Governo Federal, e conseguiu a liberação de verba de mais de 100 milhões de reais do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

 

As obras já começam nesta semana, com a construção do berço 100, que permitirá o aumento da capacidade de movimentação de cargas do terminal portuário maranhense, e vai permitir a atracação de navios transoceânicos, com capacidade de transportar 175 mil toneladas de carga.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website