Quem gosta de nadar como exercício em piscina, onde a água tranquila faz do percurso longo uma atividade monótona, talvez já experimentou ouvir o rádio preso à cabeça e com fones auriculares. Realidade há mais de 20 anos. Assim, é possível se distrair ouvindo música, enquanto executa movimentos sincronizados de pernas, braços e respiração com viradas da cabeça repetitivos, durante todo tempo. Entretanto, é preciso ficar atento às contagens de viradas para computar a extensão percorrida e medir o tempo em que percorreu a distância. 

Natação óculos

Opinião | Fábio Costa
* A experiência da planta decorada em realidade virtual

Agora, essas tarefas de controle e entretenimento foram conjugadas e vão muito além. É o que oferece os óculos de natação de realidade aumentada. Enquanto se fica atento aos movimentos sincronizados de braços, pernas e cabeça, o nadador pode acompanhar as medidas do seu tempo e distância. Ouvindo música e muito mais.

Dia a Dia | Portogente
* Humanidade aumentada

Sim, ele também pode visualizar imagens, como a de um tubarão aproximando-se e sentir vontade de fugir do peixe assassino. Ou nadar no meio de peixes tropicais coloridos, como se estivesse em mares do Caribe.

Redação | Portogente
* Telefone com realidade virtual

Como se percebe, nadar com os novos óculos de realidade aumentada acrescentou atividade aos exercícios de natação. Para quebrar o mesmo de sempre, será necessário atualizar os vídeos e músicas. Mas, vale a pena.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website