Principais portas de chegadas e partidas de pessoas na cidade de São Paulo, os terminais rodoviários Tietê, Barra Funda e Jabaquara aderem aos movimentos para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, oficialmente lembrado em 18 de maio.

A partir de uma parceria com a Fundação Abrinq, organização sem fins lucrativos com a missão de promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes, uma ação educativa será oferecida aos mais de 140 mil usuários que transitam diariamente pelos terminais.

Na ocasião, das 8 às 9h30, voluntários da ONG vão distribuir marcadores de livros temáticos com orientações que irão auxiliar no processo de identificação e denúncia, em casos de abusos. O intuito principal da iniciativa é conscientizar o público diante desse mal que atinge uma grande parcela de crianças e adolescentes pelo País, com os mais diferentes padrões sociais e culturais.

Essa importante data foi criada, junto à sanção da lei federal 9.970/2000, em memória da Araceli Crespo que, em 18 de maio de 1973, foi assassinada aos 8 anos de idade, após ser sequestrada e violentada.

Frente à gestão dos terminais rodoviários paulistanos, a Socicam Terminais de Passageiros mantém-se engajada em promover importantes iniciativas como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, aproveitando o grande fluxo de pessoas em seus empreendimentos para disseminar informações relevantes e mobilizar a opinião pública.

 

PARA SUA AGENDA

Ação: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescente

Local: Terminal Rodoviário Tietê, Barra Funda e Jabaquara

Data: 18 de maio de 2017

Horário: 8h00 às 9h30 

Observação: Participação gratuita

Realização: Fundação Abrinq, Instituto Liberta, Childhood Brasil, Plan Internacional Brasil, Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente 

Apoio: Socicam Terminais de Passageiros

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente