Nem sempre é o caso de iniciar uma nova carreira. É possível continuar na mesma área de atuação, mas em um novo formato

 

A qualidade de vida do brasileiro vem aumentando e, com isso, também se eleva a expectativa de vida, que hoje já é, em média, de 75 anos. No entanto, quando alcançam a maturidade, muitas pessoas sentem-se insatisfeitas com aquilo que fazem profissionalmente ou começam a desejar a trilhar um novo rumo. Olhar a carreira nesta fase da vida é começar a escrever um novo capítulo, pois agora os objetivos são outros.

Cabe destacar que, nessa fase de transição, o preconceito pode ser uma barreira. É de conhecimento que no mercado há alguns conflitos entre as diversas gerações, pois os propósitos e comportamentos mudaram. Dessa forma, conciliar as fortalezas de cada uma das gerações pode gerar algo grandioso para uma empresa. É preciso que o mercado se adapte a esse nicho de trabalhadores, assim como o profissional deve adaptar suas habilidades e pensamentos à modernidade cada dia maior.

É neste sentido que o coaching pode ajudar os profissionais nesta fase. Segundo Deborah Toschi, coach de carreira e vida pessoal, o processo de coaching pode ajudar a partir do momento que entende-se a trajetória e o momento daquele profissional: quais foram os propósitos que conduziram a sua carreira até aquele momento e como ele gostaria de conduzir futuramente. “O coaching é muito providencial na fase de planejamento e execução dos novos projetos, para que o profissional possa se preparar e planejar seus futuros passos. Pode ser um bom momento para colocar aquele plano B em prática”, aponta.

Também vale lembrar que, na maturidade, nem sempre o profissional irá iniciar uma nova carreira. Ele pode continuar na mesma área de atuação, mas em um novo formato. Carreira na maturidade não é só sinônimo de mudança, mas também de início de uma nova jornada na mesma área. “Nessa fase da vida, muitas vezes o trabalho não é mais, simplesmente, pelo retorno financeiro. Também representa satisfação pessoal, abrindo assim um leque maior de opções”, explica.

Deborah ainda afirma que é possível estabelecer uma carreira na maturidade e o processo de coaching pode ajudar nesta fase de renovação. ‘Muitos também nunca pararam para olhar o que construíram e se apropriar, de fato, das suas conquistas. Se surpreendem ao ver realizações e superações ao longo do caminho. Após esse reconhecimento e ressignificação da carreira para o futuro, sentem-se mais encorajados e com clareza do que querem”, conclui.

 

Deborah Toschi: Coach certificada pelo ICI - Integrated Coaching Institute. Sócia-Diretora da CAPIO Desenvolvimento Humano, especializada em Coaching de Carreira, Vida e Mentoria. Atuou em posições de liderança em RH durante 10 anos. Em sua trajetória, foi responsável pela condução de diversos projetos focados em estratégia de gestão de pessoas e desenvolvimento organizacional. Deborah cursou MBA em RH na FIA-USP e é formada em Psicologia pela Universidade São Marcos. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. | www.capio.com.br

 

Informações para Imprensa

* Deborah Toschi, Coach de Vida & Carreira

www.capio.com.br

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente