Neste artigo você não só aprenderá como fazer uma feijoada carioca, mas também aprenderá como preparar esse delicioso prato tipicamente brasileiro. Confira!

Como surgiu a feijoada?

A origem da feijoada tem sido questionada recentemente.

A velha história é que ela foi criada por escravos das plantações de cana-de-açúcar que pegavam os restos de carne não comidos por seus senhores (orelhas, pés e rabo de porco) e os cozinhavam com feijão preto, nativo do Brasil e da fundação da dieta dos escravos.

No entanto, estudiosos brasileiros recentes discordam da base desta história.

O principal contratempo é que os “restos” de carne eram, na verdade, muito apreciados na época pelos europeus.

Além disso, a feijoada tem mais semelhanças com os ensopados europeus, mais especificamente o porco e feijão cozido de Portugal, do que os pratos de feijão autóctone e africano.

Os escravos podem ter sido os primeiros a fazer feijoada, mas muito provavelmente eles estavam fazendo para o paladar de seus senhores.

Mas o que é feijoada?

A palavra feijoada vem da palavra feijão, que significa feijão em português.

Feijoada é um ensopado de feijão preto que é fabricado com uma variedade de produtos de porco e bovino salgados e defumados, desde carne-seca até costeletas de porco defumadas.

A feijoada mais tradicional também traz cortes “mais baratos”, como orelhas, patas e rabos de porco e língua de boi.

O guisado fumegante é servido com arroz, couve salteada ou couve, rodelas de laranja e coberto com farinha de mandioca torrada ( farofa ).

A refeição é tão quente, alegre, rica e vibrante quanto a música, o nosso povo brasileiro.

Normalmente servido em grandes rodas de samba carioca.

Está no cardápio de todos os estabelecimentos de alimentação, de bufês casuais aos melhores restaurantes.

O prato está tão integrado à cultura brasileira que às sextas-feiras é conhecido como o dia da feijoada principalmente no Rio de Janeiro.

Não é apenas uma comida caseira, mas também um evento para partilhar com a família e amigos.

Feijoada é um daqueles atos de amor que leva tempo e um pouco de carinho para fazer. Uma boa receita é um ótimo guia para fazer feijoada em casa.

O restaurante Sabor da Nonna tem compartilhado muito nas redes sociais esse prato maravilhoso.

Principalmente servindo deliciosas feijoadas servidas em Quentinhas em Itaboraí com bastante fartura.

Quais são os sabores do chouriço (linguiça portuguesa)? Se não estiver disponível, qual seria o melhor substituto?

O chouriço é um enchido seco semelhante ao chouriço espanhol, muito condimentado com alho e colorau.

Se não conseguir encontrar, pode substituí-lo por chouriço fresco ou chouriço mexicano (embora não sejam exactamente iguais), ou ainda por linguiça quente doméstica fumada.

Mas a melhor opção seria a linguiça calabresa.

O prato é tradicionalmente servido com farofa - que tipo de farinha é necessária e por quê?

A farofa é feita com farinha de mandioca - também conhecida como mandioca ou mandioca. A refeição é torrada em uma frigideira, geralmente com óleo de palma, e serve como um componente adicional de amido para ajudar a estender este prato rico.

Na receita você menciona amassar 1/4 do feijão cozido. O que isso faz com o ensopado geral?

Esse é um truque que os cozinheiros de Nova Orleans também fazem com seus feijões vermelhos.

Ao esmagar alguns dos grãos, o amido liberado torna o prato espesso e macio.

Existe alguma bebida brasileira que melhor acompanha a feijoada?

Tem gente que fala que a feijoada não fica completa sem a famosa caipirinha.

Caipirinha é o nome dado a uma bebida feita com cachaça, uma aguardente brasileira semelhante à cachaça feita com caldo de cana.

A batida mais simples também conteria suco de limão e um pouco de açúcar, embora existam muitas variações da batida pelo Brasil.

Como fazer feijoada, receita do Sabor da Nonna em Itaboraí

Rende 8 porções

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 xícaras de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de alho picado
  • 2 folhas de louro
  • Sal
  • Pimenta preta moída nahora
  • 1 libra de salsicha de chouriço, fatiada 1/4 polegadas de espessura
  • 1 libra de carne seca ou outra carne curada salgada, embebida durante a noite e em cubos
  • 1 libra bebê costelinhas, cortadas em costelas individuais
  • 1 libra de feijão preto
  • 10 xícaras de água
  • 4 xícaras de couve ou couve, salteadas em azeite de oliva
  • 4 xícaras de arroz branco cozido
  • Molho quente brasileiro
  1. Em uma panela grande de fundo pesado, em fogo médio, adicione o óleo.
  2. Quando o óleo estiver quente, acrescente a cebola e o alho.
  3. Esmague as folhas de louro e adicione à panela.
  4. Tempere com sal e pimenta.
  5. Refogue por 5 minutos. Adicione a salsicha.
  6. Continue a cozinhar por 4 minutos.
  7. Adicione a carne em cubos, costelas, feijão e água.
  8. Leve o líquido para ferver, reduza o fogo para médio baixo e cozinhe até que os grãos estejam macios, cerca de 2 1/2 horas.
  9. Adicionar água conforme necessário para manter o feijão coberto.
  10. Usando as costas de uma concha, amasse 1/4 dos grãos.
  11. Tempere novamente com sal e pimenta, se necessário.
  12. Para servir, coloque um pouco de verdura e arroz em cada prato de servir.
  13. Coloque a Feijoada sobre o arroz.
  14. Agite um pouco do molho picante em todo o prato. Enfeite com as rodelas de laranja e a farofa.

Farofa

Rendimento 2 ½ xícaras

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 2 1/2 xícaras de farinha de mandioca
  • Sal
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente