Depois de três meses consecutivos de alta, o preço médio dos combustíveis recuou nos postos da Região Nordeste, como mostra o levantamento de junho do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina ficou 1,6% mais barata para os motoristas nordestinos, e no Rio Grande do Norte, a redução chegou a 4,4%, a maior registrada em todo o Brasil. Já o etanol, mesmo com a baixa de 1,2% na média geral, teve na região o Estado com o maior aumento do País, localizado na Paraíba que foi de 2,2%.

"Os dados do último levantamento mostram um recuo nos valores de todos os tipos de combustíveis na região. No Rio Grande do Norte, foi registrada a baixa mais expressiva para o litro da gasolina de todo o território nacional, que foi comercializada a R$ 4,616, ante os R$ 4,83 de maio", comenta o Diretor-Geral de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

No recorte local, os motoristas de Pernambuco pagaram pela gasolina mais barata, com o litro vendido a R$ 4,59, ante os R$ 4,816 do Piauí. No Ceará e em Sergipe, o combustível recuou 3,4% e 2,2%, respectivamente.

Já na Bahia, o destaque foi para o etanol, com o litro a R$ 3,503, valor 14% menor que a média dos postos do Maranhão, de R$ 3,999. Na Paraíba, foi registrada a maior variação para o combustível de todo o Brasil, onde o litro saiu a R$ 3,669, ante os R$ 3,591 registrado no mês anterior.

Os postos de Alagoas se destacaram com o maior preço médio do diesel comum e S-10, a R$ 3,852 e R$ 3,89, respectivamente.

No contexto nacional, a esperada baixa chegou às bombas, reflexo das medidas de manutenção nos valores. Em junho, o diesel recuou 2,43%, com o litro vendido à média de R$ 3,729.

A gasolina ficou 1,34% mais barata, com média de R$ 4,641. Já o etanol (R$ 3,614), com o recuo de 2,6%, destaca-se pela variação de preços que chega a 23%, quando se compara a média da Região Sudeste (R$ 2,952) com a da Região Norte (R$ 3,873). Na contramão do movimento de baixa, o GNV avançou 0,66%, comercializado a R$ 3,341, ante os R$ 3,319 do mês anterior.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que traz grande índice de acerto devido à quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras a fim de simplificar os processos diários.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente