Em um ambiente de crédito escasso e com juros exorbitantes, comerciantes e empresários dos mais variados ramos encontram muitas dificuldades em arcar com os pagamentos de empréstimos obtidos. Afinal, os "juros na ponta", ou seja, aqueles cobrados pelo banco, geralmente são muito maiores do que a margem de lucro dos empreendimentos no Brasil.

Leia também
* Qual a diferença entre tributo e imposto?
* Cinco passos para fugir das dívidas

Nesse panorama, os bancos acabam se transformando em sócios ocultos de empresas ao cobrar juros abusivos por financiamentos e outras operações. Somente o empreendedor trabalha e o banco leva o lucro.

A Salles Perícia Contábil, localizada em Santos, litoral paulista, desenvolveu uma metodologia de cálculo reconhecida pelo Poder Judiciário - conforme acórdão de 28/10/2018 - que pode reduzir dívidas em 25% ou até mais, dependendo de cada caso.

Gravamos este vídeo para alertar aos empresários brasileiros que há saída para reduzir os juros abusivos cobrados pelos bancos após a obtenção de empréstimos. 

 
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas