Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
T
exto atualizado às 14h30 do dia 03 de outubro de 2016.

O diretor geral para o Brasil da MSC, Adrian Ursilli, nesta entrevista ao Portogente, fala sobre o momento para o turismo brasileiro, levando em conta os recentes jogos olímpicos e as novas configurações e perspectivas da atividade de cruzeiros marítimos. Ele antecipa algumas das muitas opções que a empresa oferecerá aos clientes na temporada 2016-2017.

Portogente - As Olimpíadas intensificaram a procura, pelos estrangeiros, por rotas brasileiras?
Adrian Ursilli - Toda vez que o país recebe um evento de grande porte, como este, ele ganha destaque e projeção ao redor do mundo, o que é sempre muito positivo para a indústria do turismo como um todo. Atualmente, nossas MSC Grand Voyages, viagens de travessia entre dois continentes, contam com uma grande quantidade de viajantes estrangeiros. Nesses roteiros, que têm duração média entre 16 e 21 noites, os transatlânticos deixam a Europa e seguem para o Brasil e, no final da temporada na região, fazem a viagem de retorno ao velho continente.

Para a temporada 2016/2017 na América do Sul, o primeiro transatlântico a deixar o continente europeu será o grandioso MSC Preziosa, partindo de Gênova no dia 19 de novembro. Em sua viagem, seguirá para Córsega, Cagliari, na Itália, Valência e Málaga, na Espanha, Arrecife de Lanzarote, nas Ilhas Canárias, e Santa Cruz de Tenerife, também em território espanhol. Depois de atravessar o oceano, os cruzeiristas receberão as boas-vindas ao Brasil na acolhedora Salvador. A Grande Voyage realizará ainda escalas em Búzios, na ‘cidade maravilhosa’ - Rio de Janeiro - e terminará em Santos, no dia 07 de dezembro.

O MSC Musica, por sua vez, deixará a belíssima Veneza, no dia 29 de novembro. Ao deixar Veneza, as paradas incluirão La Valleta, na Ilha de Malta, Palma de Maiorca e Valência, na Espanha, Casablanca, no Marrocos. Antes de seguir rumo ao Brasil, a última parada será na paradisíaca Santa Cruz de Tenerife, na Espanha. O navio chegará em território nacional no dia 14 de dezembro e, assim como o MSC Preziosa, atracará em Salvador, na Bahia, para então continuar a navegação até a paradisíaca Búzios, no Rio de Janeiro, Ilhabela e, finalmente, Santos.

Durante toda a navegação, nas duas embarcações, não faltarão atividades para deixar a viagem ainda mais divertida. Os cruzeiristas ficarão por dentro de todas as informações da armadora e dos destinos por meio de palestras sobre a história da companhia e cultura dos locais de parada. Haverá também a oportunidade de aprender novos idiomas nos cursos de línguas, e aperfeiçoar o gingado nas aulas de ritmos. A transmissão de filmes e documentários sobre as cidades visitadas e festas temáticas nas piscinas e lounges também fazem parte da programação das Grand Voyages.

Portogente - Quais as perspectivas de crescimento do setor? 
Adrian Ursilli - Mesmo em tempos de crise, o consumidor não deixa de viajar. Ele pesquisa e busca as opções com maior valor agregado e, nesse cenário, os cruzeiros da MSC, pincipalmente os roteiros no Brasil, se encaixam perfeitamente, atendendo plenamente às necessidades e exigências dos consumidores brasileiros, pois os hóspedes têm inclusos na tarifa alimentação de alta qualidade, infraestrutura de entretenimento completo para todas as idades, diversão e shows de nível internacional, além de muito conforto, luxo e segurança em navios de última geração.

Com o objetivo de facilitar e tornar os cruzeiros uma opção de férias ainda mais atraente, desde 17 de abril último, a armadora passou a disponibilizar todas as tarifas de seus roteiros nacionais e internacionais em reais, de forma permanente. Além disso, todos os serviços adquiridos antecipadamente, como excursões, pacotes de bebidas, internet e SPA também passaram a ser cobrados na moeda local, assim como as taxas portuárias e de serviço pré-pagas. A iniciativa foi uma forma da armadora oferecer aos clientes sempre preços em reais, muito atraentes, e assim proteger o consumidor de possíveis variações cambiais, garantindo que os viajantes possam se planejar com mais tranquilidade e aproveitar as oportunidades para reservar seu cruzeiro e serviços com pagamento facilitado em 10X em reais sem juros, tornando a experiência com a MSC Cruzeiros ainda mais confortável e inesquecível.
Além disso, a MSC oferece atraentes promoções, como 2º Hóspede Grátis, por exemplo, para a temporada América do Sul 2016/2017, tarifas especiais para compra antecipada e promoções Super Bingo nas Grand Voyages e cruzeiros internacionais, que garantem preços muito acessíveis aos consumidores.

Nós, da MSC Cruzeiros, acreditamos que o mercado brasileiro deve crescer de forma sustentável. Por isso, mantemos o compromisso de oferecer um amplo leque de opções de férias para nossos clientes, geramos empregos e impactos importantes para as economias locais e nacional. Com este foco, seguiremos trabalhando para o contínuo desenvolvimento do mercado turístico de cruzeiros nacional em conjunto com as autoridades e órgãos brasileiros, com o objetivo de tornar o ambiente local mais favorável e atraente para os cruzeiros marítimos.

Portogente - Qual a estimativa de público para temporada 2016-2017?
Adrian Ursilli - A expectativa é atingir 100% de taxa de ocupação. O MSC Preziosa, sucesso das temporadas 2013/2014 e 2014/2015, com capacidade para mais de 4,3 mil hóspedes, retornará ao país em dezembro e será a maior e mais moderna embarcação a navegar pelo litoral brasileiro. O deslumbrante transatlântico fará 23 roteiros pelas regiões nordeste e sudeste, passando por Búzios, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus e Salvador. Além dos embarques no porto de Santos, o navio atenderá também o público carioca, com partidas do Rio de Janeiro.

A bordo, além dos restaurantes principais e opções temáticas a la carte, o navio oferece buffet aberto 20 horas por dia com extensa variedade de alimentos e pratos típicos. Os hóspedes também poderão se deliciar com a qualidade e autenticidade de dois restaurantes da rede Eataly - o Eataly e o Ristorante Italia. Além disso, os que gostam de aventura poderão aproveitar um complexo aquático fantástico, incluindo uma piscina de borda infinita e um dos maiores tobogãs do mundo a bordo de um navio de cruzeiro, com 120 metros de extensão e uma curva que se projeta para fora da área do transatlântico, por cima do mar. Ainda nesta espetacular embarcação, os brasileiros que desejarem realizar uma viagem com ainda mais conforto e privacidade poderão optar pela Experiência do MSC Yacht Club, produto de luxo da armadora que oferece os serviços mais requintados do mercado, como bar, lounge, restaurante e piscina privativos, acesso exclusivo ao MSC Aurea Spa, menu de travesseiros, excursões diferenciadas, prioridade para embarque e desembarque, sistema de bebidas all inclusive e muitas outras comodidades.

Portogente - Fale um pouco das várias opções de navios que o turista encontra na MSC.
Adrian Ursilli - Entre os diferencias do MSC Preziosa estão também os 20 bares e lounges; quatro piscinas, sendo uma de teto retrátil e outra para o MSC Yacht Club; solário; 12 hidromassagens; boutiques e joalherias; cassino; teatro para mais de 1,6 mil pessoas; simulador de Fórmula 1; cinema 4D; boliche; e 1,7 mil m² do premiado MSC Aurea SPA que terá menu de tratamentos de beleza com propriedades de minerais preciosos e os produtos da marca japonesa Shu Uemura, além de uma academia completa equipada da Technogym. Pensando, ainda, nos mínimos detalhes, o público masculino terá sua vez na barbearia vintage garantindo momentos de cuidado e beleza a bordo.

O MSC Música completará a frota da MSC no Brasil para a próxima temporada e realizará 13 cruzeiros para a Argentina e o Uruguai, visitando Punta del Este , Montevideu e com pernoite em Buenos Aires. Com mais de 1,2 mil cabines, sendo 70% com varanda, e capacidade superior a 3,2 mil hóspedes, a embarcação é a primeira da Classe Musica e impactou o mercado em sua inauguração, em 2006, por apresentar ambientes sofisticados, com o melhor do design italiano, decoração rica em mármore e materiais nobres, além de uma ampla área externa com telão de led na piscina para festas, jogos e sessões de cinema.

Os dois transatlânticos já estiveram no país e cada um conta com diferenciais que atendem aos mais variados públicos. Desde a charutaria Havana Club e o restaurante oriental Kaito Sushi a bordo do MSC Musica, até o MSC Yacht Club e o renomado restaurante Eataly, ambos no MSC Preziosa, os brasileiros têm à disposição uma ampla gama de espaços, atividades e serviços.

Já quem busca atrações para relaxar e cuidar da saúde da mente e corpo, poderá desfrutar do MSC Aurea SPA, disponível em todos os navios da armadora. Nesse espaço, os hóspedes podem realizar diferentes tipos de massagem, sauna, banho turco, tratamentos de beleza, etc. Há também uma academia totalmente equipada com aparelhos da Technogym, líder mundial no mercado de bem-estar.

Portogente - Os destinos mais procurados são nacionais ou internacionais? Por quê? Quais as rotas nacionais e internacionais preferidas?
Adrian Ursilli - Tanto destinos nacionais como internacionais têm alta procura do público brasileiro. Durante a alta temporada na América do Sul, os roteiros pelo litoral brasileiro que incluem paradas em destinos paradisíacos como Búzios, Ilhabela, Ilha Grande, Rio de Janeiro, Ilhéus e Salvador, apresentam grande procura. Para quem quer conhecer destinos diferentes, a armadora tem roteiros que saem do porto de Santos e vão rumo ao Prata, passando por Buenos Aires, Montevidéu e Punta Del Este.

Ao mesmo tempo, outras áreas e destinos internacionais tem atraído atenção e investimentos, tanto pelo aspecto da novidade quanto pela demanda dos brasileiros por novos lugares para explorar. A MSC tem investido cada vez mais para oferecer novos destinos e experiências aos brasileiros. Durante o ano todo, a MSC Cruzeiros oferece roteiros pelo Mediterrâneo e Caribe, e seus itinerários sazonais abrangem o Norte da Europa, Cuba e as Antilhas Francesas, a América do Sul, Sul da África, além de Abu Dhabi, Dubai e Omã.

Portogente - Como foi a incursão da MSC no Caribe?
Adrian Ursilli - Entre as novidades da armadora, o Caribe ganha destaque não só por ser um dos destinos turísticos mais procurados do mundo, mas, especialmente com foco no Brasil, é uma região muito procurada por brasileiros. Observando essa demanda, a companhia lançou alguns produtos exclusivos para os turistas brasileiros que desejam visitar o local. O MSC Divina realiza viagens durante todo o ano a partir de Miami e em dezembro de 2017 estreará o novo MSC Seaside, também na região. Além desse transatlântico, no ano passado, armadora passou a oferecer um pacote completo com a inclusão de um fretamento aéreo, traslado entre o aeroporto e o porto, e o cruzeiro de sete noites pelo Caribe Sul e Antilhas. E em decorrência do sucesso do produto, a companhia renovou a parceria com a GOL e, a partir de dezembro deste ano, o MSC Poesia irá para Martinica e oferecerá o mesmo pacote.

Ainda no Caribe, no ano passado, a MSC foi a primeira armadora a realizar itinerários a partir da capital Cubana, Havana. Esse também foi um produto de muito sucesso e, por esse motivo, na próxima temporada a companhia dobrará a oferta no local, quando o MSC Opera e o MSC Armonia realizarão roteiros a partir de Cuba. Outro grande anúncio para os brasileiros que desejam realizar roteiros no país é que a empresa firmou uma parceria com a Copa Airlines e, de maneira exclusiva, disponibilizou para compra um pacote com aéreo, traslado e cruzeiro para quem desejar curtir o melhor de Cuba e do Caribe com o MSC Opera.

Portogente - Além da novidade do Caribe, existe alguma novidade para a próxima temporada?
Adrian Ursilli - Outros mercados internacionais com uma grande demanda também terão novidades da MSC. Os Emirados Árabes, onde a companhia já opera, receberão na próxima temporada, pela primeira vez, um navio da geração Fantasia, que contempla as maiores e mais luxuosas embarcações da empresa e que disponibilizam o produto de luxo, MSC Yacht Club. O transatlântico que irá para a região será o que leva o nome da classe, o MSC Fantasia. Especialmente para os brasileiros que desejam realizar um cruzeiro por essa região, a empresa firmou uma parceria com a Emirates Airlines, por meio da qual passou a disponibilizar um pacote completo de férias com o voo, hospedagem em um hotel em Dubai no dia que antecede o embarque no transatlântico, traslados e o cruzeiro.

Portogente - A armadora está aumentando sua frota?
Adrian Ursilli - Em 2014, a MSC Cruzeiros anunciou um plano de investimento para a segunda fase de sua expansão por meio da encomenda de dois navios da geração Meraviglia e outros dois da geração Seaside (com a opção para adquirir um terceiro). E em fevereiro de 2016, confirmou o pedido para a construção de mais duas embarcações denominadas Meraviglia Plus, com capacidades ainda maiores. Em abril de 2016 este investimento passou para 9 bilhões euros com o anúncio da carta de intenção para a construção de mais quatro navios, equipados com tecnologia de ponta para propulsão a GNL (Gás Natural Liquefeito). Desta forma, entre 2017 e 2026, um total de 11 novos transatlânticos da nova geração da empresa entrarão em operação. A MSC Cruzeiros é a primeira companhia de cruzeiros global a desenvolver um plano de investimento desta importância e magnitude, que será concretizado em um prazo de pouco mais de 10 anos, com início em 2014 e conclusão em 2026.

Portogente - Como os cruzeiros marítimos vêm se adequando à demanda da sustentabilidade?
Adrian Ursilli - A MSC Cruzeiros é a única armadora do mundo a receber o "7 Golden Pearls", uma premiação do Bureau Veritas em reconhecimento aos elevados padrões de gestão ambiental. A companhia também recebeu as certificações ISO 9001 e ISO 22000 pela qualidade e segurança na gestão dos alimentos em terra e a bordo.

Todos os transatlânticos da armadora seguem os procedimentos padrões brasileiros e internacionais relacionados ao tratamento, descarte e reciclagem de resíduos. Todo descarte de resíduos é devidamente registrado e certificado pela MARPOL (Convenção Internacional para a Prevenção da Poluição pelos Navios), uma das convecções ambientais internacionais mais importantes do mundo. O processo também é rigorosamente controlado por procedimentos internos.

A empresa conta com coordenadores ambientais em terra e um agente ambiental em cada navio, que é responsável pela aplicação dos mais elevados padrões de reciclagem, descarte de resíduos, e gestão de águas residuais por meio dos sistemas das Estações de Tratamento de Água. As ETA são utilizadas nos navios mais modernos do mundo para o tratamento e reciclagem de água.

Além disso, a MSC Cruzeiros lançou um plano de expansão sem precedentes, por meio do qual investirá 9 bilhões de euros para a construção de 11 novos meganavio, de três gerações ( Meraviglia, Seaside e World Class), que revolucionarão os padrões da indústria. Essas novas embarcações serão entregues até 2026, as duas primeiras, já em construção, batizadas com os nomes de suas respectivas reações, MSC Meraviglia e MSC Seaside, serão inauguradas em 2017. Todas essas embarcações estarão equipadas para garantir o máximo em sustentabilidade, com rigoroso controle de emissão de poluentes, sistema de tratamento de lixo altamente eficiente para a gestão de resíduos sólidos, tintas especiais, entre outros recursos.

Além disso, os navios na geração World Class terão mais de 200 mil toneladas e serão movidos a Gás Natural Liquefeito (GNL).

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente