A BTP é uma empresa formada no ano de 2007, com a finalidade de construir, operar e administrar um terminal multiuso no cais da Alemoa, em Santos, litoral paulista, com capacidade de movimentação de contêineres, granéis líquidos e cargas soltas. É um joint venture, ou seja, uma aliança comercial, entre as empresas Terminal Investment Limited (TIL), operada pela armadora MSC, e a APM Terminals, operada pela armadora Maersk. O investimento total na construção do terminal, cuja primeira fase foi finalizada em 2013, é estimado em cerca de R$ 2 bilhões.

Leia também
* BTP celebra inauguração oficial em Santos e pede pressa na dragagem
* BTP recebe Licença de Operação do Ibama visando operar com capacidade total
* Os desafios para a remediação da área do terminal da BTP

Um dos aspectos pioneiros e de grande desafio no processo de construção do terminal foi a remediação do solo no qual o empreendimento foi instalado. Anterior ao projeto, a área era ocupada por um lixão, que contaminou de forma quase irreversível o solo da região. Todos os detritos foram retirados, após investimento de cerca de R$ 250 milhões, no que foi o processo de remediação de solo mais expressivo da história do Brasil.

Possui um área total de aproximadamente 490 mil metros quadrados, com cerca de 1.100 metros de cais acostável, e, em operação, planeja movimentar cerca de 1,2 milhão de TEU's e 1,4 milhões de toneladas de granéis líquidos. Atualmente, possui 8 portêineres post-panamax (para operações de carga e descarga nos navios atracados) e 26 transtêineres (para movimentação de conteineres no pátio).

Foto: Bruno Merlin/Portogente

Portêineres no pátio do terminal da BTP no Porto de Santos

As operações de cais foram efetivamente iniciadas no dia 14 de agosto de 2013, com a atracação do navio MSC Challenger. A estimativa é a de que, por si só, em ritmo total de operação, o terminal aumente a capacidade de movimentação de conteiners, em TEU's, do Porto de Santos em cerca de 40%.

Em 28 de novembro de 2013 a empresa convocou a direção de seus principais acionistas - as internacionais Terminal Investment Limited (TIL) e APM Terminals - para celebrar a inauguração oficial do empreendimento. A cerimônia teve direito a uma operação simbólica de um contêiner, gravação de imagens feitas por um drone, cerimonial comandado pela atriz Maitê Proença e muitos discursos.

Fotos: Bruno Merlin/Portogente

Cerimônia contou com embarque simbólico de contêiner e foi prestigiada por dezenas de funcionários

Para mais informações, acesse o site oficial do terminal.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s