Bunker é, tecnicamente, o combustível utilizado no motor de um navio. É viscoso e tem alto teor de enxofre devido a sua composição, uma mistura entre óleo combustível e óleo diesel, e deve ser capaz de trabalhar sob alta pressão sem que suas utilidades, ou estrutura molecular sejam afetadas, causando perda de potência no motor da embarcação. É aliado ao lubrificante em sua injeção, imprescindível na saúde das engrenagens que movimentam o navio. A resolução da ANP, de Nº 49, datada de 28 de dezembro de 2007, especifica que os óleos combustíveis marítimos devem apresentar, no máximo, um teor de enxofre de 4,5% e variar seu tipo de acordo com a viscosidade medida em centistokes a 50ºC. Assim temos três tipos, sendo eles o OCM120, OCM180 e COM 380.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente