A logísticareversa está relacionada com a destinação de produtos e materiais já descartadospelo consumidor final, contribuindo portanto para a preservação do meioambiente. Essa contribuição se dá pelo retorno de bens de pós-consumo ao cicloprodutivo, o que diminui o acúmulo de lixo industrial na natureza. Assim sendo,pode-se relacionar a logística reversa como uma importante ferramenta para apreservação ambiental.
Essa prática deve-se em grande parte ao aumento de consciência ecológica doconsumidor, que passa a dar preferência a produtos de empresas que demonstrampreocupação com a preservação ecológica.

Essa maior conscientização da sociedade se reflete no desenvolvimento de umalegislação adaptada aos modos de produção e consumo sustentáveis, que visamminimizar os impactos das atividades produtivas ao meio ambiente. Exemplo dissofoi a elaboração da Resolução nº 258 do Conselho Nacional de Meio Ambiente –CONAMA (BRASIL, 1999). Esta resolução estabelece às empresas fabricantes eimportadoras de pneus a obrigação pela coleta e destino final ambientalmenteadequado dos pneus inservíveis, o que obriga este segmento a sustentar políticasde logística reversa (CHAVES e MARTINS, 2005, p. _____).

Frente a essas regulamentações, organizações passam a desenvolver políticasvoltadas para a imagem da empresa perante o consumidor, já que este está cadavez mais ciente de seus direitos. Diante da acirrada concorrência, que deixou deser regional para tornar-se global, toda prática que possa ser usada como umpossível diferencial no mercado de atuação, é capturada e utilizada, pois emmeio a tantos concorrentes, qualquer fator pode ser decisivo para determinar oposicionamento da empresa.
A Legislação Ambiental, ao responsabilizar a empresa pelo controle do ciclo devida do produto, responsabiliza legalmente a empresa pelos impactos ambientaiscausados por seus produtos (TRIGUEIRO, 2003).

 

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s