LAYOUTDOS TERMINAIS

 

O crescimento dos naviosporta-contêineres nos últimos anos tem exigido a

adaptação em vários terminais decontêineres. A capacidade de (des)carregar esses

5

navios num cais convencional élimitada pelo número de guindastes e pela capacidade

de cada guindaste. Os cais maismodernos estão utilizando até 5 guindastes, com

produtividade individual de 25movimentos por hora (mph), alcançando uma

capacidade de 125 mph em cadaberço. Mas os grandes transportadores pretendem

aumentar essa capacidade, com oobjetivo de limitar o tempo de permanência dos

navios atracados em 24 horas(GÓES, 2002).

Nos novos projetos é necessáriose ter uma visão mais global do problema. Os

guindastes de pórtico, os cais,e os pátios, deverão ser analisados como um todo. Quanto

ao layout dos novos terminais,sua concepção é normalmente definida pelas áreas de

estocagem disponíveis, além dosaspectos financeiros mais importantes. Alguns projetos

de layout apresentam inovaçõesem relação aos projetos utilizados até então, como o

Terminal Ceres - Paragon(Amsterdã).

Este terminal faz parte do Portode Amsterdã e possui 3 berços, sendo dois deles

construídos em uma doca, comacostagem dos dois lados do navio, permitindo

movimentar contêineres deembarcações de grande porte, numa média de 300 mph

(movimentos por hora). Os caistem 1050 metros totais, com capacidade anual de

950.000 TEU’s, tornando o (des)carregamento50 % mais rápido do que em outros

terminais. (www.portofrotterdam.com,fevereiro/2004).

Os berços endentados na docapermitem que o navio seja (des)carregado pelos

dois lados ao mesmo tempo, comomostra a Figura 1, contendo áreas de estocagem

também disponíveis dos doislados próximas aos guindastes, o que facilita o plano

logístico. O transporte entre oscais e o empilhamento é feito por

straddle-carriers,

assim como o remanejo doscontêineres nas áreas de estocagem e a transferência entre a

conexões com o

hinterland.

6

Uma outra vantagem do berçoendentado é a condição tranqüila para a

realização das operações, comausência de ondas e correntes, permitindo um

(des)carregamento sem problemas.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente