O Open MRS estimula o desenvolvimento de um ecossistema de inovação no segmento ferroviário

A MRS Logística, em parceria com a Neo Ventures, inicia o 2º Ciclo do Open MRS, o programa de inovação aberta no qual a empresa estimula startups, universidade e empresas, de todo o país, a apresentarem soluções para desafios nas áreas de operação e manutenção. A primeira edição foi realizada em 2021. No 2º Ciclo, os interessados têm até o dia 24 de julho para inscrever suas propostas. Os quatro desafios propostos e o cronograma do programa estão detalhados no site do projeto. Os interessados podem escolher um ou mais desafios, para o qual desenvolverão uma ideia ou solução que será submetida à avaliação da empresa.

MRS trem 2

O Open MRS tem o objetivo de contribuir, significativamente, para a construção da logística do futuro, por meio de parcerias com empresas, centros de pesquisas, universidades e demais agentes externos que sejam capazes de apresentar abordagens criativas para algumas das demandas da empresa. A atividade ferroviária é complexa e exige uso intensivo de tecnologia. O Open MRS foi criado para potencializar a inovação de forma colaborativa e diversa, conforme descrito no próprio site do programa.

Podem participar do Open MRS startups, empresas de base tecnológica e projetos de instituições de ciência e tecnologia. O processo de seleção começa com a verificação de enquadramento das startups e soluções em relação ao regulamento. Logo depois, há uma triagem on-line, conduzida por uma banca composta por colaboradores da MRS.

"A MRS busca engajar mais pessoas para que o movimento da inovação esteja cada vez mais em alta no setor ferroviário. Além da possibilidade de investimento, as empresas participantes têm acesso à infraestrutura e ao corpo técnico da empresa, possibilitando o trabalho em equipe e a troca de experiências entre as áreas envolvidas. Estamos com desafios que permitem o desenvolvimento de soluções Quick Wins, iniciativas que permitem soluções de resultado mais imediato", explica o analista de inovação da MRS, Alexandre Singer.

Os participantes e as propostas selecionadas têm acesso a alguns benefícios: processo simplificado de contratação; possibilidade de investimento no desenvolvimento da solução indicada; trabalho em equipe, em conjunto com especialistas em inovação e demais membros da equipe da MRS; acesso à infraestrutura da MRS; e acesso a metodologias de desenvolvimento dos projetos.

Desafios
Os quatro desafios estão divididos em duas áreas: Operação e Manutenção. Na área de Operações, o desafio foi "Projeção de Carga e Descarga". Na área de Engenharia e Manutenção, os desafios foram "Inspeção e obras em área de acesso restrito" e "Integração na coleta de dados de ativos móveis e fixos". O quarto desafio é "Prevenção de Furto e Vandalismo", uma demanda que foi trazida pelas duas áreas (Operação e Manutenção) de forma conjunta.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente