Especialista em RH lista cinco dicas para ter sucesso em uma entrevista digital

As entrevistas por videochamada tornarem-se uma realidade e tendem a ser mais frequentes no pós-pandemia. Embora os candidatos tenham se adaptado a esse novo modelo de processo seletivo, fazer uma entrevista, mesmo que online, ainda cria a mesma expectativa e ansiedade que uma entrevista presencial.

recrutamento online entenda 1

Segundo Gabriela Mative, superintendente de RH da Luandre, uma das maiores consultorias de RH do país, embora numa entrevista online, o candidato não precise se preocupar com o meio de transporte até o local e o risco de chegar atrasado, como numa entrevista presencial, ele não está isento de preocupações. Uma delas é em relação ao ambiente em que acontece a entrevista online, que pode interferir diretamente em seu comportamento.

“No processo online o candidato investe mais energia para criar um ambiente qualificado para entrevista e precisa ficar atento à entonação de voz, internet e barulhos que possam ocorrer durante. Isso pode gerar mais stress, o que interfere na comunicação não verbal e, consequentemente, na avaliação”, explica Gabriela.

Para ajudar esses candidatos a melhorar a expressão não verbal no digital, Gabriela listou cinco dicas que podem aumentar as chances de sucesso, durante a entrevista:

Atenção à voz
Se atentar à voz significa dar entonação ao tom de fala, de um modo consciente, de acordo com o que está comunicando no momento. A mudança do tom de voz é uma excelente ferramenta para reter a atenção das pessoas.

“O ideal é que o candidato comunique o que deseja de forma clara e confiante e mantenha um copo d’água próximo caso sinta que a voz esteja falha ou a garganta ressecada”, diz Gabriela.

Enquadramento
O candidato que realizar os ajustes necessários na câmera para deixar o enquadramento de uma forma que valorize sua postura leva vantagem.

“É importante que o candidato garanta um enquadramento desde abaixo dos cotovelos até acima da cabeça, para que possamos avaliar o todo”, diz.

Escolha do ambiente
Um dos grandes impactos dessa migração do presencial para o online é que, com imagens pequenas, por meio de telas, é mais difícil interpretar os sinais não verbais. Por isso é importante a escolha de um cenário limpo, que não desvie a atenção do recrutador, como uma parede branca, com pouca decoração.

“É muito importante também que esse candidato esteja atento à iluminação e ao áudio. Embora tenhamos mais flexibilidade em relação aos imprevistos, um ambiente tranquilo gera mais confiança para o candidato”.

Comunique-se abertamente
Durante a pandemia diversas pessoas enfrentaram problemas sérios, como a perda de algum familiar. Caso esteja passando por algo parecido, comunique com antecedência para não influenciar na avaliação do recrutador.

“Sabemos que muitas pessoas estão enfrentando dificuldades por conta da pandemia. Como isso pode influenciar na avaliação, a dica é que o candidato seja transparente em todo o processo”.

Atenção à postura
Mesmo na dinâmica online o recrutador precisa detectar os trejeitos do candidato. Avaliar os sinais, como por exemplo se a pessoa está desconfortável, em dúvida, ou até mesmo mentindo.

“O ambiente online pode dar a falsa segurança ao candidato de que não vamos captar os sinais, mas estamos sempre atentos às mesmas movimentações que avaliamos no presencial”, conclui Gabriela.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente