O que é o novo modelo de negócios Empresa Simples de Crédito (ESC)? Qual a sua estruturação? Que operações pode realizar? Quais são as modalidades, os limites e as restrições? Essas dúvidas serão esclarecidas nesta terça-feira (26), às 18h30, durante o Seminário Empresa Simples de Crédito, no auditório Unimed, do Condomínio Cesec (Av. Getúlio Vargas, 1748-N), em Chapecó.

ESC foto 

O evento é promovido pelo Sebrae/SC, com apoio do Sindicato das Sociedades de Fomento Mercantil da Região Norte e Centro Oeste do Estado de Santa Catarina (SINFAC-NCO), o Sindicato das Sociedades de Fomento Mercantil – Factoring do Centro Sul de SC (SINFAC-SUL), a Sociedade de Garantia de Crédito do Oeste Catarinense (Garanteoeste-SC), Conselho Empresarial de Chapecó (CEC) e Neves Advogados Associados.

De acordo com o gerente regional Oeste do Sebrae/SC Enio Albérto Parmeggiani por essa nova modalidade de negócios será possível oferecer financiamento, empréstimos e descontos de títulos de crédito exclusivamente para microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e empresas de pequeno porte. "O volume de operações está limitado ao capital social, ou seja, só poderá emprestar com recursos próprios, tendo como fonte de receita os juros recebidos nas transações. A receita bruta anual da ESC não poderá ser superior a R$ 4,8 milhões", explica.

Palestrante
O tema será abordado por Alexandre Fuchs das Neves, sócio diretor da Neves Advogados Associados, consultor do SINFAC-SP e SINFAC-RS e especialista em Direito Bancário. Instrutor MBA – Factoring, Securitizadoras, Fidc´s, PLD/FT e Compliance I e II – ABBC. Além disso, é estruturador de instituições financeiras, securitizadoras, FINTECH´s, ESC´s e membro do Instituto dos Profissionais em Prevenção e Lavagem de Dinheiro (IPLD). O moderador será o coordenador de projetos na área de crédito do Sebrae/SC, Roberto Tavares.

Inscrição gratuita
A inscrição é gratuita e deve ser feita pelo link: http://sebrae.sc/ese. As vagas são limitadas.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s