As bikes e os patinetes alugados são uma realidade para um número cada vez maior de cidades ao redor do Brasil. A febre desses meios de transporte alternativos – que podem ser tanto por diversão quanto para facilitar a mobilidade urbana – surge como uma das soluções para fugir do trânsito caótico das cidades no Brasil e no mundo.

Por isso, também está crescendo o número de empresários que têm se dedicado à fabricação e comercialização desses produtos e acessórios de segurança para sua utilização, como capacetes especiais ou outros equipamentos.

patinetes imagem

A maior parte dessas empresas, no entanto, tem buscado parcerias internacionais para começar os seus negócios. Os produtos chineses estão entre os maiores sucessos do ramo, aquecendo a interação entre os empresários do Brasil e da China.

Vendas e aluguéis

Além das empresas que lançam apps de compartilhamento de bikes e patinetes, é possível encontrar empreendimentos que alugam esses equipamentos por um período maior de tempo, o que pode gerar mais economia para quem precisa desses meios de transporte com maior frequência.

No catálogo de produtos de algumas empresas, há ainda modelos de scooters, diversificando as alternativas de transporte. Há também modelos diferentes de bikes, como os modelos dobráveis, que facilitam o armazenamento e permitem que o usuário possa entrar no transporte público com ela sem ocupar muito espaço.

O preço dos veículos para compra pode variar bastante. Existem modelos de patinete infantil a partir de R$ 1 mil, enquanto a scooter de maior potência pode ser encontrada por R$ 13 mil.

Expectativa é de lançamento de linha de crédito

Empresários do setor também têm apostado que haverá uma resposta do mercado de crédito para atender os clientes que desejam fazer essas aquisições. A ideia é que sejam lançadas linhas de crédito, como financiamento ou até mesmo consórcio, para que mais usuários possam optar por essas novas alternativas de transporte.

Ainda que os produtos possam representar um custo alto em sua compra, eles são extremamente econômicos na manutenção, além de utilizar energias mais limpas para a locomoção.

Estrutura das cidades

Com a popularização desses novos meios de transporte, as cidades também deverão incluir em seus planos algumas obras e adaptações aos trajetos, oferecendo mais segurança aos usuários.

Isso também deverá prever um aquecimento no setor de construção, uma vez que obras viárias deverão ser solicitadas por editais -- principalmente, pelas prefeituras. Com isso, espera-se um aumento no número de empregos, revolucionando não apenas o comércio, como também o setor de infraestrutura, representando uma importante mudança para a economia nacional.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s