Presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, participa da abertura das festividades, nesta terça-feira (8/10)

É chegada a hora mais esperada pelo povo do Pará – o Natal dos Paraenses - uma das maiores manifestações culturais do Brasil. Realizado há mais de dois séculos, o Círio de Nazaré reúne anualmente mais de 2 milhões de devotos de Nossa Senhora de Nazaré, de acordo com a Arquidiocese de Belém. Como uma das principais portas de entrada para romeiros e turistas, o Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA) abre, nesta terça-feira (8/10), a programação receptiva aos turistas do Círio 2019, que contará com a presença do presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros. As celebrações no terminal seguem até o dia 17.

Belem 2

Para dar as boas-vindas e criar um cenário festivo, os visitantes serão recebidos com uma chuva de bênçãos, ainda dentro das aeronaves - uma homenagem que será conduzida pelos bombeiros militares que atuam no aeroporto. Após o desembarque, a recepção será conduzida ao ritmo de carimbo, apresentações de bandas militares e flash mob. Ainda haverá distribuição de fitas do Círio, cheiro do Pará e castanhas do Brasil, além da exposição cultural Coletivo de Maria.

"O Círio de Nazaré, a maior procissão católica do mundo, se tornou um evento expressivo no calendário, não só dos paraenses, mas também de turistas brasileiros e estrangeiros. O nosso aeroporto, é responsável por 62% do fluxo de visitantes que chegam à Belém para participar do Círio, por isso, tradicionalmente, preparamos um receptivo especial para receber bem nossos passageiros", destacou o superintendente do terminal, Fábio Rodrigues. "É uma honra poder proporcionar esse momento de fé e alegria, buscando sempre valorizar e incentivar as tradições culturais, o turismo e a economia da nossa região", acrescentou.

A expectativa da Infraero para esta edição do Círio é que mais de 140 mil passageiros embarquem e desembarquem no terminal paraense no período de 7 a 19 de outubro. O número é 4% maior em comparação com o mesmo evento de 2018, que contabilizou 134,6 mil operações. Para atender a grande movimentação, 45 voos extras já estão confirmados, além do aumento no quadro efetivo para garantir a fluidez e o bom funcionamento do terminal.

As ações em Val-de-Cans são fruto de parceria entre Infraero, Arquidiocese de Belém, Secretaria de Turismo do Pará (Setur) e Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur).

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s