Time foi dividido em três gerências, cada uma com a missão de fomentar segmentos específicos da tecnologia

A Logicalis, empresa global de serviços e soluções de tecnologia da informação e comunicação, acaba de estruturar sua unidade de negócios de Internet das Coisas, com o objetivo de reforçar sua atuação junto à tecnologia. A partir de agora, a área passar a se dividir em três gerências, responsáveis por diferentes etapas e segmentos do desenvolvimento de negócios em IoT.

IOT cidadesImagem do Freepik.

Nesse movimento, Rafaela Mancilha, na empresa há oito anos, foi promovida a gerente de IoT. Com três anos de experiência no segmento e tendo participado de projetos no Brasil, América Latina e Europa, a executiva terá como missão atuar como evangelista, trabalhando para fomentar o mercado, identificar oportunidades, desenvolver casos de uso e atuar no processo de pré-vendas das soluções da Logicalis.

Christian Maki, que até então era o líder da oferta de mobilidade da Logicalis, passa a ser o gerente de conectividade para IoT. Assim, terá como responsabilidade a identificação e o desenvolvimento de novas tecnologias de conectividade que viabilizem os mais diversos projetos de internet das coisas, independentemente do ambiente em que serão implantados.

Finalmente, Fábio Jardim lidera o time de desenvolvimento de hardware para internet das coisas. Assim, Jardim mantém-se à frente da criação e customização de soluções de hardware proprietárias, como o Eugenio Cube e o Eugenio Gateway.

Sob a liderança de Alex Paulino, recém-contratado como diretor de IoT da Logicalis, os três profissionais têm como objetivo fortalecer a atuação da empresa na tecnologia e ampliar o faturamento da unidade ao entregar aos clientes uma proposta de valor integrada, compreendendo plenamente seus desafios de negócios e proporcionando uma experiência única e consistente a eles em toda a região.

"Hoje, a área de IoT já é uma unidade de negócios dentro da Logicalis e estou convencido de que temos a empresa mais preparada no mercado latino-americano para entregar soluções fim-a-fim de internet das coisas, já que combinamos a flexibilidade e a capacidade de inovação das startups, à robustez e confiabilidade das grandes companhias", afirma Alex Paulino, diretor de IoT da Logicalis. "Além disso, contamos com os melhores parceiros para suportar e complementar nossas soluções, tornando-nos capazes de atender todas as necessidades de nossos clientes."

A empresa já atua no setor há mais de cinco anos sempre apoiada por sua plataforma própria de IoT, o EUGENIO. Além disso, já realizou diversos projetos, como estão a criação de uma plataforma de serviços tecnológicos para a Coopercitrus; um projeto de manutenção preditiva para a Renault-Nissan; um sistema de coleta de lixo inteligente em Granada, na Espanha; uma solução para gestão energética para a rede de agências de um grande banco; uma tecnologia para abertura inteligente de sites para uma operadora de telecomunicações e o projeto de iluminação pública inteligente para a cidade de Belo Horizonte, em parceria com a BHIP.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s