A VLI, empresa de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, conta com a operação do Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB) para oferecer ao nordeste do Brasil uma opção para o embarque e desembarque de soja, coque, fertilizantes, trigo, concentrado de cobre entre outros itens. Depois de registrar o aumento de 33% nos volumes de navios em 2018, o TMIB reforça o atendimento à construção civil este ano a partir do contrato com a Votorantim Cimentos, em um novo serviço que contempla o embarque mensal de cimento com destino ao Amazonas. A novidade vai representar um incremento equivalente a mais de 120% em relação à demanda atual. O TMIB já recebe coque importado, insumo que abastece a fábrica da Votorantim Cimentos, em Laranjeiras, Sergipe.

VLI VotorantimFoto: Divulgação/VLI.

A nova demanda reforça não só o potencial do TMIB como opção eficiente de terminal multiuso como também amplia um recurso em expansão no Brasil, a cabotagem – navegação entre portos do mesmo país. Mesmo com um crescimento contínuo desde 2011 – o serviço de cabotagem saltou de 135 milhões para 161 milhões de toneladas no ano passado, de acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), ainda há um grande potencial. Em comparação aos demais modais utilizados, a participação da cabotagem não ultrapassa 11%, de acordo com especialistas. Para a VLI, o novo contrato com a Votorantim Cimentos posiciona o terminal, mais uma vez, como uma solução logística estratégica para a movimentação de cargas na região nordeste. “Esse contrato é um bom exemplo de como o TMIB pode ser um concentrador de fluxos de cabotagem no país e reforça nossa capacidade de atender demandas dos mais variados produtos e insumos”, aponta Leonardo Paiva, gerente geral de Portos da VLI.

Os diferenciais do TMIB
- Píer com mais de 300 metros de extensão
- Área total de 2 milhões de m², sendo 800 mil m² de área alfandegada
- Disponibilidade de atracação imediata
- O TMIB encontra-se entre os principais mercados da região, tendo num raio de 500 km um mercado consumidor de aproximadamente 30 milhões de pessoas
- Boa conexão rodoviária e localização estratégica no Nordeste

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s