As relações com o trabalho, o equilíbrio entre vida e carreira e o autoconhecimento são três dos temas presentes na autobiografia do jornalista Patrick Santos, que será lançada oficialmente nesta segunda-feira, dia 13 de maio, na Livraria Cultura, piso térreo do Conjunto Nacional, localizado à Avenida Paulista (São Paulo Capital).

Profissional que iniciou aos 15 anos no Jornal Folha de Tupã, sua cidade natal, consolidou sua carreira como repórter, âncora e gerente de jornalismo da Jovem Pan, uma das maiores emissoras de rádio do Brasil. Após 24 anos dedicados à empresa, Patrick decidiu aliviar-se do cansaço, repensar a vida e dar um mergulho em si mesmo para encontrar mais propósito no que estava fazendo.

“Eu estava bastante estressado com a rotina de trabalho. Decidi que era hora de parar e isso me fez muito bem. Inicialmente, não pensava em sabático, mas sabia que precisava descansar, refletir e pensar na vida que estava levando”, conta Patrick Santos, que ficou nove meses longe do trabalho.

“Logo, encontrei o tema do sabático e comecei a ler mais sobre o assunto. Com o passar dos dias, surgiu a ideia de escrever o livro. O livro não estava nos planos. Foi uma catarse”, acrescenta o autor.

Há um mês, Patrick anunciou a chegada de seu primeiro livro: “45 Do primeiro tempo”, editado pela Literare Books International, que narra sua experiência com o sabático, sua aproximação com a família e suas breves viagens pelo Brasil e Peru.

“Com hábito de leitura e alguns dramas pessoais, Patrick começou a desenvolver a necessidade de parar. É um livro corajoso. É difícil dizer se é um livro de memórias ou de autoajuda, mas o fato é que se trata de um belíssimo livro”, afirmou esta semana o editor Carlos Andreazza, que também escreve na quarta capa do livro de Patrick Santos.

“45” está à venda nas principais livrarias e e-commerces do país e já faz sucesso na mídia, com entrevistas de Patrick Santos a programas de rádio e TV dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. A obra é um convite à reflexão para homens e mulheres que estão buscando mais sentido para a carreira e a vida.

Em suas primeiras entrevistas sobre o livro, Patrick desmistifica o significado do termo sabático, uma tradição judaica que significa pausa para o descanso. Segundo Patrick, sabático não necessariamente tem a ver com viagens e, sim, com uma oportunidade para o autoconhecimento.

“As primeiras grandes vantagens do sabático são o autoconhecimento, a descoberta de suas potencialidades e o equilíbrio de uma vida mais saudável, física, mental e espiritualmente falando”, resume Patrick Santos.

“45 Do primeiro tempo é apresentado, no prefácio, pela jornalista e colega Vera Magalhães, e tem orelha do jornalista Pedro Bassan, um dos melhores textos da TV Globo.

“Todas as pessoas deveriam tirar o pé do acelerador e olhar o filme da própria vida para ver se ele traduz aquilo que querem para si mesmas dali para a frente. O intervalo do Patrick foi gestado aos poucos, com um tanto de angústia que ele não esconde, e que nos envolve na leitura”, escreve Vera Magalhães.

Na próxima segunda-feira, Patrick recebe os amigos na Livraria Cultura, para comemorar o lançamento deste primeiro livro, que marca o primeiro tempo de sua carreira. Patrick Santos, 45, é jornalista, comunicador, escritor e mentor.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s