Cerimônia no dia 27 último, selou a assinatura de protocolo de intenções para cessão de área do Terminal Pesqueiro Público de Laguna (TPPL) para o município de Laguna (SC). O documento, assinado pelo diretor-presidente da Companhia das Docas de São Paulo (Codesp), Alex Oliva, e pelo prefeito Everardo dos Santos, trata da chamada Casa-Sede, situada nas proximidades das instalações do TPPL, atualmente desativada, e que poderá ser usada para secretarias municipais.

A cessão do prédio faz parte da política de integração entre cidade e Terminal, que responde por 40% da economia do município. O TPPL gera cerca de 200 empregos, a maioria com residentes em Laguna. O terminal é administrado pela Codesp, autoridade portuária do Porto de Santos, em São Paulo.

Com as ações da Codesp para reativar o terminal, há cerca de 30 dias, como a volta das atividades da fábrica de gelo e com a normalização do fornecimento de óleo diesel para os navios pesqueiros, o objetivo é recuperar a competitividade." O terminal está sendo visualizado com um novo olhar" afirmou Alex Oliva.

Segundo Oliva, a dragagem do canal e a melhoria das condições de navegação do terminal está entre as prioridades dos investimentos no TPPL, além dos planos para criar um distrito industrial pesqueiro.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente