Em rápida entrevista ao Dia-a-Dia do PortoGente, o senador Osmar Dias (PDT-PR) explicou porque defende a criação de pelo menos mais quatro portos secos no seu estado.

 

PortoGente – Senador, quais os locais do seu estado poderiam ter portos secos?

Osmar Dias – As cidades de Cascavel, Maringá, Londrina e Ponta Grossa são os locais no Paraná que podem ter portos secos. Há também outras regiões que podem a vir contar com essa estrutura alfandegária para a promoção do desenvolvimento regional, facilitar a importação e exportação de mercadorias, gerar empregos e promover a redução de custo para importadores e exportadores.

 

PortoGente – Essas cidades estão dotadas de infraestrutura e logística para a eficácia e eficiência do serviço?

Osmar Dias – Essas cidades estão dotadas de parte da infraestrutura e parte da logística para que o porto seco seja eficaz. Cabe ao governo do estado prover o que ainda falta, acrescentar o que ainda é necessário para que os portos secos funcionem a contento. Se tivermos quatro portos secos funcionando no Paraná, iremos aumentar a eficiência dos portos de Paranaguá e Antonina, retirando um pouco da saturação que existe nesses portos. Os portos secos são infraestrutura importante para o desenvolvimento do estado do Paraná.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente