Os cerca de 250 trabalhadores portuários que atuam no Terminal Especializado de Barra do Riacho (Portocel) pararam o empreendimento desde às 7 horas desta sexta-feira (14) e ficarão por 24 horas em frente ao Terminal reivindicando melhores condições de trabalho, informa o Sindicato Unificado da Orla Portuária (Suport-ES).

* Portocel vai parar nesta sexta-feira
* Clima de guerra contra Portocel de Vitória

A decisão da greve foi definida em assembleia com a categoria, que aconteceu no último dia 3 de agosto. Os trabalhadores representados pelo Suport-ES decidiram pela greve devido à falta de entendimento com a empresa em negociação coletiva.


Manifestação ocupou a entrada do empreendimento
e pretende garantir os desejos dos trabalhadores

A proposta apresentada pela empresa, segundo o Sindicato, é de 5% de reajuste. O presidente do Suport-ES, Roberto Hernandes, avalia que esse índice não contempla os trabalhadores. “O que queremos são 7% de reajuste, a partir de 1º de julho, já incluso ganho real, com reflexos nas demais remunerações variáveis”.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website