Com seu nome envolvido na denúncia protocolada ao Ministério Público sobre irregularidades no Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo) de Manaus (AM), o presidente da Federação Nacional dos Estivadores, Wilton Barreto, enviou comunicado ao PortoGente alegando não ter participação com os fatos expostos neste blog portuário.

 


No documento enviado às autoridades, Wilton (grafado
de modo errado) é acusado de participar de rateio ilegal

 

Confira abaixo o posicionamento de Barreto na íntegra.

 

“Com relação às denúncias publicadas na imprensa portuária envolvendo o meu nome em episódios tortuosos, esclareço que tais informações não condizem com a realidade.

 

Sempre busquei pautar minhas ações no princípio da legalidade, seja como trabalhador avulso, seja como presidente da Federação Nacional dos Estivadores. Em ambos os casos, agi com transparência, dedicação, zelo e compromisso com as causas dos trabalhadores e a manutenção de nosso mercado de trabalho. Tais atitudes têm norteado toda a minha vida dentro dos portos brasileiros.

 

Assim sendo, e em respeito aos federados e demais trabalhadores da estiva, coloco-me à disposição para elucidar quaisquer dúvidas que possam pairar sobre a ética e a lisura de minhas ações como presidente da Federação Nacional dos Estivadores.”

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente