A comunidade portuária nacional está apreensiva. A falta de informação está criando um mal estar e desestímulo para quem pensava em investir no sistema. Cria-se um “tempo de incertezas” que potencializa os efeitos, já ruins, da crise econômica mundial. Até agora ninguém entende porque a Secretaria Especial de Portos (SEP) se mantém absolutamente muda em dois assuntos, especialmente: o Plano Geral de Outorgas dos Portos, elaborado pela Antaq; e o início das obras de dragagem de aprofundamento do Porto de Santos.

 

Leia também

* SEP: o que passa?

* Santos: à espera da dragagem

* Porto de Santos: ou aprofunda ou fica fora do comércio internacional

* Novas datas para a dragagem nos portos de Santos, Recife e Rio Grande
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website