O jornalista Pedro Doria, colunista da CBN, Estadão e O Globo, participou da conferência Brazil at Silicon Valley, organizada por estudantes brasileiros da Universidade de Stanford (EUA), realizada nos dias 8 e 9 de abril último. O evento teve como foco a economia digital, a economia do século XXI.

robo para humano 53876 90440Imagem da plataforma Freepik. 

Em artigo publicado no jornal O Globo, no dia 11 último, o jornalista defendeu a necessidade de uma economia digital no País. “O crescimento do PIB, cada vez mais, estará ancorado em crescimento do digital”, ele aponta.

Como afirma, cinco das dez maiores empresa dos últimos oito anos são digitais – e todas elas pertencem aos Estados Unidos. Outras duas maiores, da China, são também são de economia digital. Já no Brasil, as maiores, que perderam valor de mercado recentemente, incluem uma petroleira, uma mineradora, três bancos, o que ele define como “mais século XX, impossível”.

Para entrar no percurso de crescimento mundial, o autor alerta que falta o capital humano qualificado, que “o pé de barro do Brasil é falta de engenheiros”. Nesse sentido, ele aponta a educação como principal problemática: “O fato de que o Brasil não consegue sequer alfabetizar e ensinar as quatro operações aos brasileiros mais pobres custa muito caro. Em drama humano e em dinheiro. Precisaremos de gente que conhece matemática em quantidade”, descreve no artigo.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website