Segundo o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil informa que o Fundo da Marinha Mercante (FMM) vem estimulando o setor naval e que já financiou R$ 9,39 bilhões, de 2010 até hoje, para a construção de 27 embarcações de cabotagem. Atualmente, têm recursos investidos em seis embarcações dessa modalidade que estão em construção. Os repasses influenciam no aquecimento da economia e na geração de empregos.

MT Cabotagem

“Acreditamos na eficácia da navegação de cabotagem e buscamos, na medida do possível, incentivar e fomentar a indústria naval. O financiamento parcial, para dar continuidade à construção de mais seis embarcações, mostra que estamos preocupados com a segurança do transporte de cargas e passageiros”, destacou o ministro Valter Casimiro.

De acordo com o anuário estatístico da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), o total de cargas transportadas pela navegação de cabotagem, em 2017, foi cerca de 157 milhões de toneladas. O tipo de carga envolve granel líquido e gasoso (75,3%), granel sólido (13,6%), carga conteinerizada (7,6%) e carga geral (3,5%).

No 1º trimestre de 2018, o total de cargas movimentadas pela cabotagem já chegou a 53.150.261. Apesar da queda de 1,65% em relação ao mesmo período do ano passado, o setor aposta nesta modalidade devido à premissa de que a navegação por cabotagem representa 10% do cenário base de transporte, segundo o Plano Nacional de Logística (EPL), comparando a distribuição da rede nacional de transporte de cargas entre os modais rodoviário, ferroviário, hidroviário e dutoviário, considerando um total de 2.98,2 bilhões de toneladas por quilômetro útil.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s