Sabe-se que é praticamente impossível que uma marca consiga sobreviver atualmente sem ter uma presença forte nas redes sociais. Nesses espaços virtuais é formada a maior parte dos vínculos entre consumidores e empresas. Além disso, as redes sociais contribuem enormemente para a popularização e a expansão dos nomes das marcas.

redes sociais 1

O engajamento refere-se às interações entre uma marca e o público nas redes sociais. É possível medir o nível de interatividade no Facebook, Instagram e Twitter – as três maiores redes sociais. No Facebook, o engajamento é medido principalmente por meio dos compartilhamentos, curtidas e seguidores. No Instagram, por curtidas e seguidores. Já no Twitter, o engajamento se dá, sobretudo, por meio dos retweets e dos seguidores.

Importância de um bom engajamento

Muito embora o engajamento não necessariamente se converta em vendas, ele é, sim, um caminho viável para a conquista de novos clientes e para a fidelização daqueles já existentes, como notas Subsly.com. Assim, aumentar o número de comentários no Instagram e nas outras redes sociais, bem como elevar o número de seguidores, é extremamente importante.

Além disso, o engajamento permite que a página de uma marca ganhe mais popularidade e visibilidade. Algumas marcas são conhecidas pelo ótimo engajamento com o público nas redes sociais, como é o caso da Netflix. Tal engajamento faz com que haja mais proximidade com o público, o que gera verdadeiros fãs da marca. Outros benefícios são o aumento da credibilidade e da reputação das empresas.

5 maneiras de engajar seu público nas redes sociais

1) Faça um bom planejamento

Antes de começar a criar posts nas principais redes sociais, é importante realizar um bom planejamento. Nessa etapa, algumas questões importantes devem ser definidas, como o público-alvo, a linguagem a ser utilizada, o conteúdo principal dos posts e a identidade visual da marca nas plataformas como o Instagram e Facebook.

Conhecer o público-alvo é determinante para que uma empresa consiga um bom engajamento. Isso define como serão as postagens e qual o tom da linguagem que será usada. Se a marca é destinada a um público jovem, por exemplo, as postagens poderão ser descontraídas e usar uma linguagem informal; diferentemente de uma marca voltada para empresários, que deverá ter uma abordagem mais séria.

O planejamento permite, ainda, que as estratégias referentes às redes sociais sejam revistas de tempos em tempos. Nada impede que o planejamento seja reajustado de acordo com as necessidades que surgirem. Aliás, é inclusive recomendável que isso aconteça.

2) Descubra a frequência ideal para postar

O planejamento deve incluir também os dias e horários mais apropriados para que as postagens sejam feitas. É importante que as empresas descubram quais são os “horários de pico”, ou seja, os momentos em que há mais usuários conectados. Dessa forma, há mais probabilidade de um maior engajamento.

redes sociais 2

Embora cada empresa e seu público-alvo sejam únicos, sendo difícil estabelecer uma frequência e um cronograma ideais, é possível ter uma noção básica. Em geral, finais de semana não são os dias mais apropriados para gerar engajamento, bem como períodos noturnos, após as 20h.

De toda forma, as empresas devem monitorar as redes sociais para descobrir o que funciona para elas. Quanto à frequência, o equilíbrio é sempre o caminho mais seguro. Não se deve postar tão pouco que as empresas caiam no esquecimento e nem exagerar nas postagens, pois assim os usuários podem se cansar da imagem de determinada marca.

3) Capriche nas publicações

Para que o público se interesse suficientemente por uma postagem a ponto de curtir, comentar ou até se tornar um seguidor, é necessário que as publicações sejam bem feitas. Posts desleixados, com erros de gramática e ortografia não são atraentes. Por outro lado, posts bem escritos, mesmo que em linguagem informal, atuais e com CTAs interessantes são mais chamativos e convidativos.

O CTA, ou call-to-action, deve ter a atenção especial dos responsáveis pelas páginas das empresas nas redes sociais. O CTA é o convite que é feito aos usuários para que interajam com a marca. O CTA pode vir em forma de um chamado a curtir ou compartilhar um post, a deixar um comentário ou até mesmo a seguir a página.

4) Interaja com o público

A interação com o público é chave para que se tenha um bom engajamento. A sensação de proximidade dos usuários com a marca e o bom atendimento virtual só são possíveis devido à interação entre a empresa e os usuários.

redes sociais 3

Alguns dos tipos de interação mais comuns e que geram mais resultados são:

Publicações com perguntas

Ao fazer uma publicação, é interessante dirigir perguntas a quem está lendo o post. Dessa forma, o usuário se sentirá motivado a escrever um comentário – e comentários são ótimos para o engajamento. Perguntas relacionadas à percepção dos usuários sobre o produto ou perguntas sobre as experiências dos usuários são bem-vindas.

Respostas aos comentários

É muito importante que o time de marketing digital esteja atento aos novos comentários nas postagens para que possa respondê-los, ou no mínimo curti-los. Ignorar os comentários do público pode causar frustração, além de ser o desperdício de uma ótima oportunidade para aumentar o engajamento da marca.

Enquetes

As principais redes sociais oferecem a possibilidade da criação de enquetes. Elas são uma excelente chance de engajamento, pois os usuários de redes sociais adoram respondê-las, desde que sejam interessantes. Além disso, é possível aproveitar as enquetes para conhecer melhor o público-alvo, o que gera benefícios em dobro para a marca.

5) Fique atento às menções feitas à marca

Observar marcações feitas por usuários, normalmente por meio das hashtags, é também uma estratégia de engajamento eficiente. O chamado monitoramento de marca permite que se conheça o que está sendo dito sobre ela fora de suas próprias páginas. Assim, é possível cuidar da reputação da empresa, com, por exemplo, o agradecimento em casos de elogios e com explicações em casos de críticas negativas.

As dicas apresentadas neste texto são fundamentais para que uma empresa tenha um bom engajamento nas redes sociais. Por meio da mensuração de métricas como índice de alcance e taxa de rejeição, as empresas podem monitorar as estratégias de engajamento e adaptá-las, caso seja necessário. O importante é que as marcas não se esqueçam de fazer investimentos qualificados em suas redes sociais, uma vez que o engajamento é um fator determinante para que sejam bem-sucedidas.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente