• Brasil nunca teve uma política de Conteúdo Local

    O Brasil nunca teve uma política de conteúdo local de verdade e sim uma cláusula isolada dentro dos contratos de concessões do setor de petróleo e gás natural. A observação crítica é de Karine Fragoso, gerente de Petróleo, Gás e Naval da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

  • O mercado offshore e o IMCA M 117

    O grande problema no cenário offshore brasileiro é o fato de muitas companhias adotarem o IMCA M 117 (Training and Experience of Key DP Personnel) como o topo dos procedimentos, quando, na verdade, tal diretriz é a base para o início de toda uma estrutura mitigatória

  • Prorrogações de contrato são antecipadas no Porto de Niterói

    As empreiteiras Nitshore e Nitport tiveram seus contratos de arrendamento no Porto de Niterói (RJ) antecipadamente prorrogados por 12 anos. A primeira firmou contrato de cerca de R$ 40 milhões e a segunda, de R$ 23 milhões. Os investimentos deverão ser aplicados até 2023.