madeira minerio vale capa

Os terminais de uso privado (TUPs) já movimentam praticamente o dobro do volume de cargas dos portos públicos brasileiros. Na última semana, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) revelou que o setor portuário transportou 1,086 bilhão de toneladas em 2017 - 721,6 milhões via portos privados e 364,5 milhões via portos públicos. Entretanto, ainda falta diversificação nas operações dos TUPs, afinal 58% do volume movimentado é de minério de ferro. A commodity é a sétima mais produzida no Brasil, em ranking liderado pela soja, cuja participação nos portos privados é de somente 10%. Essa concentração acontece devido aos envios da produção da Vale para o exterior, em especial para a China, através do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (169,7 milhões/t movimentadas em 2017), localizado no estado do Maranhão, e do Porto de Tubarão (109,2 milhões/t), no Espírito Santo. O diretor-presidente da Associação de Terminais Privados (ATP), Murillo Barbosa, observa que a movimentação de contêineres tem grande potencial de expansão em Chibatão (AM) e no Porto Itapoá (SC), empreendimentos onde estão previstas expansão do cais e modernização de infraestrutura. A longo prazo, o setor privado deposita esperança na construção do Porto Pontal, no Paraná. Segundo a ATP, as obras devem ter início no segundo semestre deste ano. O site oficial do empreendimento o apresenta como "o porto mais moderno  da América Latina", assim como o vídeo institucional exibido abaixo.

 

Negócio da China - A Frente Parlamentar de Logística de Transporte e Armazenagem (Frenlog) e o Instituto Brasil Logística recebem, nesta quinta feira, 22 de fevereiro, executivos da estatal China Merchants Port Holding (CMPorts), que em setembro do ano passado adquiriu 90% do Terminal de Contêineres de Paranaguá e a empresa de serviços logísticos TCP Log por R$ 2,9 bilhões. O grupo chinês administra ativos que somam mais de US$ 1 trilhão e lidera a iniciativa de comprar e assumir importantes empresas na área de infraestrutura no Brasil. De acordo com o convite enviado pelo presidente da Frenlog, senador Wellington Fagundes (PR-MT), o intuito do encontro é discutir "estratégias de investimentos essenciais em toda cadeia logística do País". A aproximação entre os dois países ficou clara em visita oficial do presidente Michel Temer (MDB) à China, onde apresentou o programa de privatizações elaborado por sua equipe, projetando que o país asiático tenha papel fundamental na compra de ativos nos setores energético, agrícola e de infraestrutura.

Geni e os portuários - Na circular distribuída pela Federação Nacional do Portuários (FNP) com o assunto "Articulação Nacional, Unidade e Luta em defesa do Portus", chama atenção a proposta de criar uma Ação Popular com o objetivo de enquadrar a União por falta de fiscalização e quebra de responsabilidade, ações que culminaram na atual dívida do fundo de pensão dos portuários brasileiros. Devido ao déficit contraído ao longo de sua existência, o Portus está sob intervenção federal desde agosto de 2011 e a proposta do Governo Federal é de que a contribuição mensal de cada participante seja reajustada em mais de 200%. Diante de tão grave situação, a FNP, liderada pelo presidente Eduardo Guterra, também busca criar uma Frente Parlamentar em Defesa do Portus.

portus circular fnp

Portas abertas - O governo colombiano revisou na última semana a lista de produtos autorizados a entrar no país sem qualquer cobrança de tarifas. Entre as inclusões e exclusões de bens feitas através do Decreto 272 de 13 de fevereiro, o universo de mercadorias não tributadas passou de 3.389 para 3.650. Alguns dos itens com alíquota zero e que não são produzidos na Colômbia são motores automotivos, tintas para impressão, zinco e frutas como o limão. A diretora do Ministério do Comércio, Indústria e Turismo (Mincit), María Lorena Gutiérrez, alega que o intuito é tornar a indústria local mais produtiva e competitiva, além de detectar oportunidades de parceria com o setor privado para aprimorar a economia doméstica.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s