O Porto de Santos, principal complexo portuário do Brasil, mantém permanentes atividades com o intuito de aumentar a profundidade de seu canal de navegação e oferecer maior competitividade para as operações lá realizadas. Neste sentido, um marco histórico foi registrado no dia 1º de agosto: ao atracar na Brasil Terminal Portuário (BTP), o MSC Ajaccio, de bandeira de Malta, foi o navio de maior calado a operar na centenária história do porto santista, ao registrar 14,45 metros.

mscajaccio
MSC Ajaccio - Foto: Pedro Faga/Marine Traffic

Em comunicado enviado a este blog, a Praticagem de Santos atribuiu o feito à utilização do Redraft (sistema que mede o calado dinâmico) e aos dados obtidos em tempo real pelo Centro de Coordenação, Comunicação e Operações de Tráfego (C3OT) da instituição.

O Redraft é considerado um dos sistemas mais modernos do mundo e recebeu em 2017 o prêmio "Iniciativas Inovadoras", concedido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Com o C3OT, o operador obtém informações sobre as dimensões e características do navio (calado, comprimento e boca, entre outras), além de dados climáticos, meteorológicos e oceanográficos, resultando no conhecimento da folga mínima entre o fundo da embarcação e o fundo do mar e em qual ponto da trajetória do navio pelo canal essa folga ocorrerá. 

 
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s