A fumigação consiste em um tipo de controle de pragas que é um procedimento de desinfecção por via seca. Através do tratamento químico realizado com compostos químicos ou formulações pesticidas (os chamados fumigantes) voláteis (no estado de vapor ou gás) em um sistema hermético, visando a desinfestação de materiais, objetos e instalações que não possam ser submetidas à outras formas de tratamento, portanto, fumaça é o melhor meio de difusão homogênea de um ingrediente ativo pois pode atingir assim as partículas espalhadas no ar e as partículas fixadas.

Gases - Os gases mais utilizados para a fumigação são o brometo de metila – armazenado em cilindros e usado, principalmente, nas aplicações feitas em contêineres e em produtos de madeira – e a fosfina – em forma de pastilhas, usada em porões de navios e silos. No entanto, nada impede que um gás seja utilizado onde se costuma aplicar outro tipo de produto. Todos mantêm a mesma eficácia.

Todas as operações envolvendo o serviço de fumigação exigem o uso de máscaras, botas, capacetes, coletes reflexivos, cones de segurança e placas de advertência. Tudo para garantir a segurança do trabalhador. 

Fonte: Fumigação garante segurança de mercadorias em todo o mundo (Portogente.com.br)