TIPOS DE TERMINAIS

As mudanças que estão ocorrendonos portos especializados na movimentação

de contêineres devem definirdois ou três tipos básicos de terminais:

Terminais Regionais ou Alimentadores (Feeders)

Os terminais regionais oualimentadores são os de menores dimensões,

atenderão a navios de menorporte. São também chamados de "distribuidores" pois

atenderão aos navios que levarãoa carga ao seu ponto final de consumo regional, no

litoral de um país ou estado.

Terminais de Transbordo

Os terminais de transbordo ou detranshipment são destinados a atender ao

transbordo dos contêineres eservem, essencialmente, como portos alimentadores da

região onde se localizam.Verifica-se nos terminais atualmente existentes, que a carga

diretamente transferida para osnavios re-alimentadores (sem passar pelas instalações

portuárias) pode atingir valoressuperiores a 80 % da carga total ali movimentada. Na

atualidade, existem terminaisexclusivamente de transbordo com movimentação

superior a 14 milhões de TEUspor ano, localizados no Mediterrâneo e na Ásia.

4

Terminais Concentradores (Hub Ports)

São os portos que atendem à concentração da carga conteinerizada de toda uma

região, para posterior distribuição para outros portos.

Os Terminais Concentradores de Contêineres servirão como referência para um

país ou até um continente inteiro. Isso se deve ao fato de se tratar de projetos

extremamente custosos e cada vez maiores. Os navios previstos para o futuro serão de

grande porte, caros e possivelmente mais lentos. Em contrapartida, a estrutura portuária

necessária para abrigar navios deste porte também será objeto de elevados

investimentos, principalmente quanto aos equipamentos mecânicos e à automação

necessária para movimentar o carregamento desses mega navios que irão freqüenta-los,

melhorando os níveis de eficiência e produtividade das operações.

Assim, não é viável que existam vários portos concentradores a competir

entre si, nem um número exagerado de navios de grande porte. Esses portos serão

conseqüência do planejamento e investimentos dos grandes navegadores mundiais, de

forma a preverem rotas de grande densidade de tráfego entre os diversos pontos do

globo, ligando os principais pólos produtores mundiais aos mercados consumidores

através destes portos concentradores, também chamados HubPorts. Os navios que

freqüentam tais portos devem alcançar cerca de 10.000 TEU e calados superiores a 19,0

metros (GÓES, 2002).

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente