"O porto é um sistema complexo, um centro de intermodalidade por excelência", destaca Aureo Emanuel Pasqualeto, professor e colunista do Portogente. Diante disso, somente a implantação de uma cultura de qualidade fundamenta posturas para evitar acidentes, construindo uma base de atuação responsável e segura.

Foto: Divulgação APM Terminals

Atividade portuária tem riscos diversos e exige gestão de qualidade

A APM Terminals vem buscando implantar no Porto de Itajaí, Santa Catarina, a cultura de segurança ocupacional em relação às atividades executadas na companhia. Desse modo, deve completar no próximo dia 20 de outubro 365 dias sem acidente de trabalho. O recorde anterior do terminal era de 327 dias sem acidentes.

Um dos pilares da estratégia global de operações do APM Terminals Itajaí é o acidente zero. Em curto prazo, o objetivo é chegar a 654 dias sem acidentes de trabalho, o que corresponde a duas vezes o recorde anterior. Com o resultado alcançado, a próxima meta da administração do terminal é manter o nível de treinamentos por hora trabalhada e comunicar ainda melhor as boas práticas ocupacionais. “Tudo isso faz parte de uma busca constante pela excelência da gestão da segurança”, Adriano Piorno, Head of HSSE do APM Terminals.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente